Agronegócio

A história de um dos maiores selecionadores de Angus do mundo

CRI Genética leva ao III Congresso Brasileiro de Angus case de fazenda americana criadora desde 1955
Por:
769 acessos

CRI Genética leva ao III Congresso Brasileiro de Angus case de fazenda americana criadora desde 1955

A raça Angus vive no Brasil um período de desafios e grandes oportunidades. A abertura de novos mercados para a carne brasileira, a liderança absoluta na venda de sêmen e a necessidade de encurtar o ciclo de produção do boi gordo projetam a raça como solução para os pecuaristas em um momento de expansão e profissionalização da pecuária de corte.
 
Aproveitando o momento e visando a traçar novas metas de crescimento para a raça, a Associação Brasileira de Angus promoverá, nos dias 29 e 30 de junho, no Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre (RS), o III Congresso Brasileiro de Angus, com o propósito de fomentar e discutir o uso da genética Angus em todo o país, através de palestras técnicas com especialistas renomados e cases de produção de fazendas e operações comerciais, com foco no mercado consumidor e nas potencialidades de valorização nacional e internacional da carne Angus certificada.
 
A CRI Genética – líder mundial em genética Angus – é sócia e parceria exclusiva da Associação, e de maneira inédita levará ao Congresso  o case de sucesso das Schienfelbein Farms, um dos maiores rebanhos Angus norte-americanos, com mais de 700 ventres Angus registrados em seu programa de seleção, além do destacado desempenho no relatório PATHFINDER (avaliação de fertilidade e eficiência das fêmeas) da Associação de Angus.
 
De acordo com Daniel Carvalho, gerente de corte da CRI Genética, “há um alinhamento técnico entre a Associação Brasileira de Angus e a CRI, e isso gera uma sinergia muito interessante. Para esta edição do Congresso, como um grande diferencial vamos trazer a história, o sistema de produção e o processo de seleção de uma família americana que seleciona Angus desde 1955, sendo um dos rebanhos mais avaliados do mundo”.
 
LIDERANÇA
 
A CRI Genética é líder mundial em genética Angus devido ao longo, inovador e eficiente trabalho da cooperativa CRI (Cooperative Resources International), formada pelos principais criadores da raça, o que permite à Central acesso a um grandioso banco de dados, avaliações e a melhor genética disponível.  No Brasil, a CRI é a primeira empresa a oferecer touros Angus adaptados ao cruzamento industrial, bem como touros jovens avaliados genomicamente.
 
Confira programação completa: http://www.crigenetica.com.br/emkt/congresso_brasileiro_de_angus_emkt.pdf
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink