A maior safra de trigo em mais de 20 anos

Agronegócio

A maior safra de trigo em mais de 20 anos

Paraná tem potencial para colher até 3,21 milhões de toneladas do cereal, conforme projeção da Seab. Se confirmado, será o melhor resultado desde o ciclo 1987/88
Por:
1130 acessos

A safra paranaense de trigo 2009/10 pode ser a maior dos últimos 22 anos. A previsão é do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastacimento (Seab). A estimativa é de que o estado produza cerca de 3,25 milhões de toneladas, volume semelhante ao da temporada 1987/88. "Em condições normais, sem geadas muito fortes ou chuvas muito intensas, podemos atingir um número recorde. Vai depender das condições climáticas", diz o agrônomo Otmar Hübner. No ano passado, a produção foi de 3,21 milhões de toneladas, 1% menor do que o esperado para este ciclo.

Para o agrônomo Marco Antônio dos Santos, da Somar Meteorologia, as chances da safra superar o recorde são altas. "É bem provável que isto aconteça. Não há previsão de geadas e as chuvas serão esparsas. O maior problema seria para quem plantou um pouco mais tarde, a partir da segunda quinzena de junho, porque as lavouras estarão mais sensíveis às chuvas", lembra. O fenômeno climático El Niño, que começa neste mês e pode durar até um ano, poderá beneficiar a safra. "Vai chover 20% acima da média histórica nos três estados do Sul. Se as precipitações vierem na hora certa, com certeza vão ajudar", afirma o meteorologista Expedito Rebello, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Se a produtividade não preocupa, a qualidade do grão colhido pode ser menor nesta temporada por causa dos eventos climáticos. "Com o o El Niño trará muita umidade, pode ser que alguns produtores tenham que fazer a colheita durante um período de muita chuva", alerta Marco Antônio.

Plantio concluído

Conforme zoneamento agroclimático do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a data limite para o plantio de trigo no estado terminou ontem. Segundo a Seab quase todas as lavouras foram implementadas dentro do período recomentado. "A chuva atrapalhou um pouco, mas de maneira geral o desenvolvimento da cultura é bom. Tanto que a maioria das lavouras está em boas condições", explica Hübner.

Segundo a última estimativa do Deral, deve haver um aumento de 7% na área total da cultura em relação ao ano passado. A extensão plantada saltour de 1,15 milhão de hectares para 1,22 milhão, a maior área de plantio desde 2004/05.

Primeiro produtor de trigo do país, com quase 60% da produção, o Paraná deverá apresentar queda de 7% na produtividade em relação a 2008. São previstos 2,65 mil quilos por hectare, enquanto no ano anterior, que contou um clima muito favorável, foram colhidos 2,83 mil kg/ha. "Acho que nos próximos anos vamos superar a marca dos 3 mil quilos por hectare. Para se ter uma ideia, na década de 80, quando tínhamos todos fatores ajudando, não superávamos os 2 mil kg/ha. Hoje, com a tecnologia cada vez mais moderna, vamos melhorar ainda mais", aposta Hübner.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink