A vez da silagem
CI
Agronegócio

A vez da silagem

Estiagem impede crescimento da pastagem e arrasa safra de milho
Por:
Estiagem impede crescimento da pastagem e arrasa safra de milho. Período é favorável à produção de silagem para o gado leiteiro
 
A falta de chuva que persiste desde o mês de novembro quebrou a safra de milho na região de Passo Fundo (RS). Dados até o momento, apontam uma quebra média de 70%, sendo que há localidades com perdas totais. Assim, o momento também afeta outras culturas e a atividade leiteira, já que o déficit hídrico impede o desenvolvimento das pastagens e, por conseqüência, há quebra na produção de leite em torno de 30%.

O pesquisador da Embrapa Trigo, Renato Fontaneli explica que a safra de milho está comprometida e não vale mais a pena colher para destinar a venda de grãos, assim, a ordem é colher e destinar à silagem ou dar aos animais no cocho mesmo.

Ele diz que o produtor profissional tem que estar preparado para períodos como esse. “Não sabemos a extensão dessa situação crítica. Embora silagem seja um alimento volumoso, se consegue de 8 a 10 litros de leite por animal dia, porém eles têm potencial para produzir mais de 20 litros. Associamos ao pasto abundante, silagem e grãos para qualidade e produtividade leiteira”, diz.
 
Com a carência de pasto, o produtor se vê obrigado a oferecer silagem que tem um custo dobrado em relação ao pasto. Já grãos custam de quatro a seis vezes mais, ou seja, produção em queda e custo de produção está elevado.

É preciso um planejamento anual da alimentação e não somente para o período crítico que é de março a maio, conhecido como vazio forrageiro outonal, normalmente. “Somos privilegiados por um bom período de chuvas e não como a região central, onde sempre há de 4 a 5 meses de seca, por isso, temos que usar alternativas e fazer reservas”, destaca.

A produção de leite propicia duas colheitas por dia (ordenhas), mas necessitamos aportar nutrientes em quantidade e qualidade para os animais.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.