Abastecimento de gasolina será normalizado

Aviação

Abastecimento de gasolina será normalizado

Situação mais crítica, conforme análise do Sindag, é a do Rio Grande do Sul, com maior número das aeronaves movida a avgas
Por: -Aline Merladete
235 acessos

A Petrobras informou nesta quinta-feira que o abastecimento de gasolina de aviação (avgas) será normalizado no País na próxima semana com a chegada de uma nova carga importada, depois que a produção da Refinaria Presidente Bernardes-Cubatão (RPBC) foi interrompida por uma parada para manutenção da unidade. A planta é a única no País que produz o combustível.

A avgas é utilizada em aviões agrícolas para pulverização de produtos químicos nas lavouras, e segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) está em falta desde dezembro em distribuidoras de todo País, justamente no momento em que a o tratamento aéreo é necessário.

A Petrobras informou que durante a parada, cujo período não foi divulgado, vai continuar importando o produto para atender o mercado até a plena retomada da refinaria. "Os clientes foram previamente avisados e a companhia está realizando importações do derivado para o suprimento do mercado, sem reflexos no preço às distribuidoras, uma vez que a política de preços do produto está mantida e, por ser referenciada ao mercado internacional, independe da fonte de suprimento (produção própria ou importação)", informou a Petrobras em nota ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. O Brasil tem 2,1 mil aviões agrícolas, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A situação mais crítica, conforme análise do Sindag, é a do Rio Grande do Sul, com maior número das aeronaves movida a avgas. O Estado é o terceiro maior produtor nacional de soja e responde por 70% do arroz produzido no País. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink