Abate de bovinos cai enquanto de frangos e suínos cresce
CI
Imagem: Ari Dias/AEN-PR
2º TRIMESTRE

Abate de bovinos cai enquanto de frangos e suínos cresce

Os dados são preliminares e também incluem produção de ovos, leite e couro
Por: -Eliza Maliszewski

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou nesta quinta-feira (12) os resultados preliminares da Estatística da Produção Pecuária referente ao segundo trimestre de 2021. Os resultados completos para o segundo trimestre de 2021 e para as unidades da federação serão divulgados em 10 de setembro de 2021.

No período o abate de bovinos caiu 4,5%, enquanto o de suínos cresceu 7,1% e o de frangos aumentou 7,4%, na comparação com o mesmo trimestre de 2020. O número de cabeças de bovinos abatidas no trimestre foi 7,07 milhões, enquanto o abate de suínos somou 13,03 milhões e o de frangos 1,52 bilhão de cabeças.

Já na comparação com o primeiro trimestre de 2021, houve aumento no abate de bovinos (7,7%) e no de suínos (3,2%), enquanto o de frangos caiu (-3,0%). No segundo trimestre deste ano, do total de bovinos abatidos, o resultado preliminar aponta uma produção de 1,87 milhão de toneladas de carcaças, retração de 1,9% em relação ao mesmo trimestre de 2020 e aumento de 8,6% em relação ao 1º trimestre de 2021.

Em relação aos suínos, o peso acumulado das carcaças atingiu 1,22 milhão de toneladas, que representa alta de 9,5% em relação ao 2° trimestre de 2020 e de 5,2% em comparação com o trimestre imediatamente anterior.

Já o peso das carcaças de frango foi de 3,58 milhões de toneladas, aumento de 10,5% na comparação anual e redução de 2,1% frente ao1º trimestre de 2021.

A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob inspeção sanitária municipal, estadual ou federal foi de 5,80 bilhões de litros no segundo trimestre de 2021, uma queda de 1,2% em relação ao volume registrado no 2º tri de 2020 e de 11,5% em comparação com o trimestre anterior.

Já a produção de ovos de galinha subiu (0,1%) na comparação anual e caiu no comparativo com trimestre anterior (-0,1%), totalizando 977,00 milhões de dúzias

A pesquisa mostra ainda que os curtumes que efetuam curtimento de, pelo menos, cinco mil unidades inteiras de couro cru bovino por ano declararam ter recebido 7,51 milhões de peças inteiras de couro cru no segundo trimestre deste ano. Essa quantidade representa aumento de 2,6% na comparação com 2° tri de 2020 e de 6,2% em relação ao 1º trimestre de 2021.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.