Abate de fêmeas em alta na Argentina

Agronegócio

Abate de fêmeas em alta na Argentina

Dados são da Cámara de la Industria y Comercio de Carnes y Derivados
Por:
823 acessos
De acordo com dados da Cámara de la Industria y Comercio de Carnes y Derivados (CICCRA) da Argentina, nos dois primeiros meses de 2013 foram abatidos 2,16 milhões de bovinos no país.

Na comparação com os abates do mesmo período de 2012, houve aumento de 17,1%.

A participação de fêmeas no total abatido no primeiro bimestre teve incremento de 3,2 pontos percentuais este ano. Saiu de 39,3% em janeiro e fevereiro do ano passado para 42,5%.

A maior disponibilidade de boiadas e o incremento participação de matrizes implicaram no aumento da oferta de carne no mercado argentino.

As estimativas do órgão apontam que a produção de carne bovina no primeiro bimestre de 2013, de 490 mil toneladas, teve alta de 17,9% na comparação com os dois primeiros meses de 2012, quando foram produzidas 415,7 mil toneladas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink