Aberta oficialmente a colheita da soja no RS em evento realizado em Tupanciretã
CI
Agronegócio

Aberta oficialmente a colheita da soja no RS em evento realizado em Tupanciretã

Por:
Ocorreu no final da manhã de sábado, 23, a abertura oficial da colheita da soja no RS. A solenidade, que faz parte do calendário de eventos do governo gaúcho, ocorre todos os anos em Tupanciretã. Em 2013, o ato foi realizado na propriedade de Pedro Luíz Herter, próximo a Multirural.


Antecedendo a solenidade, o presidente da assembleia legislativa de Tupanciretã,deputado Pedro Westphalen disse que o Estado precisa acabar com gargalhos existentes no RS. Citou que na agricultura,os produtores fazem sua parte,mas o Estado falha com falta de estradas e logística. O diretor do PROCON -RS, Cristiano Aquino,presente ao ato, afirmou que a visita de Tarso Genro a Tupanciretã demonstra a posição do governo estadual que admite as dificuldades, mas nunca foge do seu compromisso,referindo-se a questão do reinício das obras da estrada Tupanciretã-Santa Tecla. O diretor-geral do DAER, Carlos Eduardo Vieira, reafirmou que tão logo o projeto da estrada esteja reajustado, as obras reiniciarão.


Às 10h50min o governador Tarso Genro chegou a Tupanciretã. Depois de deixar o helicóptero que o transportava, cumprimentou as autoridades, conversou informalmente com parentes e empresários do agronegócio. Em seguida, recebeu das mãos do vereador João Flores e da empresária Naiá Basso,documento pedindo mais policiais para Tupanciretã. Após, subiu em uma das cinco colheitadeiras,em companhia do prefeito de Tupanciretã, Carlos Augusto Brum de Souza, do presidente da assembleia, PedroWestphalen, do presidente da Farsul, Carlos Sperotto e do empresário, Pedro Luíz Herter, dando por aberta oficialmente a colheita da soja no RS. Concluída a solenidade, Tarso Genro participou de uma rápida entrevista coletiva.


Segundo a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), o Rio Grande do Sul deve colher em 2013 mais de 12 milhões de toneladas de soja, volume 86% superior à safra do ano passado. Conforme a Emater, 24% das plantas semeadas no Estado já estão prontas para serem colhidas. A maioria das lavouras, no entanto, ainda ultrapassa a fase de enchimento de grãos. O preço da saca de 60 kg, também segundo a Emater, gira em torno dos R$ 56,00.


Fonte: Rádio Tupã

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.