Abertura oficial da colheita do maracujá será dia 5

SANTA CATARINA

Abertura oficial da colheita do maracujá será dia 5

Estado é reconhecido por produzir o melhor maracujá do Brasil
Por:
144 acessos

No dia 5 de fevereiro a Epagri e a Cooperja promovem em Jacinto Machado o 1º Fórum do Maracujá e a 3ª Abertura oficial da colheita do maracujá em Santa Catarina. O evento vai reunir produtores, técnicos, atacadistas e outros membros dessa cadeia produtiva para discutir importantes temas, com foco na exportação da fruta para abertura de novos mercados. O evento começa às 10h30min e a participação é gratuita.

O Fórum será formado por três mesas redondas. O consultor Guilherme Sander vai falar sobre desafios produtivos e certificação, tendo como exemplo a produção de maçã para exportação. A conservação em pós-colheita do maracujá é o tema a ser abordado por Renar João Bender, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A terceira mesa redonda vai discutir os desafios logísticos para exportação da fruta, sob coordenação do técnico da Cooperja Rodrigo Veiga.

O evento acontece no auditório do campo agroacelerador. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas no site da Cooperja, na Loja Agropecuária ou num Escritório da Epagri. A organização espera público do Sul catarinense e de outras regiões do Estado e do Brasil.

Importância

O maracujá é uma cadeia produtiva que vem ganhando cada vez mais importância no Sul de Santa Catarina, onde cerca de 700 famílias agricultoras cultivam a fruta. A expectativa é de que a safra atual fique entre 60 e 70 toneladas na região, número superior ao ano passado. A colheita iniciou em dezembro e segue até início de junho.

Diego Adilio da Silva, extensionista rural da Gerência Regional da Epagri em Criciúma, conta que a quantidade de maracujá colhido no Sul de Santa Catarina vem aumentando a cada safra, a despeito da virose do endurecimento do fruto, doença que atacou os pomares nos últimos anos e afetou gravemente a produção em outras regiões do Estado e até no Brasil. Uma série de recomendações repassadas pela Epagri e acatadas por toda a cadeia produtiva do maracujá no Sul do Estado permitiu a convivência com a doença e o sucesso dos cultivos na região.

Santa Catarina é reconhecida nacionalmente por produzir o melhor maracujá do Brasil. O tamanho e formato da fruta, bem como a qualidade da polpa, se destacam das produzidas em outros Estados. A produção catarinense é praticamente toda comercializada em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal e Porto Alegre. Com o Fórum, a Epagri e a Cooperja pretendem expandir esse mercado, alcançando outros países.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink