Soja

Abiove destaca importância do biodiesel para a cadeia da soja brasileira

Óleo de soja é a principal matéria-prima utilizada na fabricação de biodiesel
Por:
47 acessos

O óleo de soja é a principal matéria-prima utilizada na fabricação de biodiesel, com uma participação entre 75% e 80%. Além da geração de emprego e renda, o biodiesel agrega valor à soja, promove a inserção da agricultura familiar e contribui para a redução de gases de efeito estufa na atmosfera.

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) participará hoje e amanhã, em Sao Paulo, da Conferência BiodieselBR 2017, que reunirá entidades e indústrias do setor, especialistas, parlamentares e representantes do governo federal. O evento acontece no momento em que o Conselho Nacional de Política Energética (Cnpe) avalia a antecipação do B10 (mistura de 10% de biodiesel ao diesel mineral) para março de 2018. O setor de biodiesel também aguarda a aprovação do RenovaBio, programa para incentivar a produção de biocombustíveis com maior eficiência na redução das emissões de gases de efeito estufa.

Participação da Abiove - O ex-presidente e atual consultor da Abiove, Carlo Lovatelli, falará na abertura da conferência sobre a importância do biodiesel para a cadeia produtiva da soja brasileira.

Nesta terça-feira, o consultor técnico da associação, Vicente Pimenta, apresentará o andamento dos testes com misturas B10, B15 e B20 em motores ciclo diesel. O gerente de economia da Abiove, Daniel Furlan Amaral, fará uma avaliação da cadeia produtiva da soja e do biodiesel. Ele enfatizará a necessária previsibilidade em relação aos novos percentuais de mistura até o B15 para ajudar na estratégia de investimentos das empresas. 
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink