ABIOVE e cadeia produtiva promovem boas práticas socioambientais
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)


Agronegócio

ABIOVE e cadeia produtiva promovem boas práticas socioambientais

A publicação da TNC chega ao mercado faltando poucas semanas para a Rio+20
Por:
1627 acessos
A organização não governamental The Nature Conservancy (TNC - http://portugues.tnc.org/), uma das maiores do mundo em conservação da biodiversidade, presente em mais de 30 países, desenvolve programas de boas práticas agrícolas na cadeia produtiva da soja brasileira.

Publicação recente da TNC, intitulada “Boas Práticas Agrícolas e Certificação Socioambiental – a Caminho da Sustentabilidade”, reportou mais de uma dezena de ações estratégicas de melhoria da sustentabilidade que estão em curso, demonstrando a postura proativa da cadeia produtiva e de outros agentes. Entre os destaques da publicação, constam programas dos quais participam a ABIOVE e as suas empresas associadas e entidades parceiras. São eles: Programa Soja Plus; Soja Mais Verde; Boas Práticas Agrícolas e Programas de Sustentabilidade da Amaggi, Bunge, Cargill e do Instituto para o Agronegócio Responsável (ARES); Moratória da Soja e Cadastro Ambiental Rural (CAR). A TNC deixou de incluir no seu estudo o programa de sustentabilidade da ADM em parceria com a ONG Aliança da Terra, que presta orientação prática e específica nas fazendas para centenas de sojicultores.


A publicação da TNC chega ao mercado faltando poucas semanas para a Rio+20, evento que deverá ser uma vitrine para o mundo das ações que o agronegócio responsável brasileiro vem empreendendo. A ABIOVE considera a iniciativa da TNC, de colocar em relevo os programas sustentáveis da sojicultura brasileira, bastante positiva. O peso da prestação de contas da principal ONG conservacionista do mundo é um fato inegável e contribui para divulgar e reforçar a credibilidade dos programas sustentáveis da cadeia produtiva da soja junto à opinião pública.


Segundo a TNC, o Brasil demonstra “uma forte preocupação para que a expansão do mercado de commodities agrícolas, em especial o da soja, aconteça de forma responsável e conforme as leis nacionais”. Os programas de sustentabilidade colocam a sojicultura brasileira na liderança da sustentabilidade mundial, como prestadora de serviços ambientais.


Saiba mais, clique aqui.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink