Agronegócio

ABPA participa de ação com autoridades chinesas durante a FMA 2016

China está consolidada como nosso segundo maior importador de carne de frango
Por:
229 acessos

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), promoverá uma grande ação institucional junto ao mercado chinês entre os dias 14 e 16 de junho, durante a FMA China 2016, em Xangai.

Durante o evento, o vice-presidente de mercados da associação, Ricardo Santin, participará do Simpósio Internacional de Legislação, Regulamentos e Políticas de Importação e Exportação de Alimentos. (IFPS, sigla em inglês), um dos mais importantes eventos institucionais promovidos pelas autoridades chinesas, como a Administração Geral de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena (AQSIQ) e a Administração de Certificação e Acreditação da China (CNCA) – ambos órgãos do Governo Chinês. 

Ao mesmo tempo, a ABPA participará da exposição comercial da FMA e fomentará novos negócios por meio das marcas setoriais internacionais da avicultura e da suinocultura do Brasil - Brazilian Chicken, Brazilian Egg e Brazilian Pork, todas derivadas de Projetos Setoriais desenvolvidos em parceria com a Apex-Brasil. 

A ação, organizada pela coordenadora de Promoção Comercial da ABPA, Isis Sardella, contará com um estande exclusivo, onde serão distribuídos materiais promocionais em mandarim, com informações que destacam os diferenciais que permitem ao Brasil se consolidar como um importante parceiro para a segurança alimentar chinesa, como seu status sanitário (livre de Influenza Aviária, nunca registrando qualquer caso em seu território) e sua capacidade de fornecimento (segundo maior produtor do mundo) com produtos de alta qualidade, exportado para mais de 150 países. Os materiais promocionais também contam com informações e contatos comerciais das empresas participantes dos projetos setoriais sob gestão da ABPA.

“A China está consolidada como nosso segundo maior importador de carne de frango e terceiro entre os importadores de carne suína. É um mercado valioso, com potencial para crescer ainda mais. O Brasil está altamente qualificado para atender à grande demanda chinesa por alimentos. Neste contexto, queremos fortalecer os laços que criamos com a China, buscando expandir os negócios entre os dois países.  Mais que isto, queremos fortalecer nossa parceria, focada na complementariedade do mercado, auxiliando na segurança alimentar da Chna”, destaca Santin.

A FMA China 2016 é um dos mais importantes eventos chineses para os setores de cárneos, pescados e alimentos em geral. Saiba mais sobre o evento pelo site www.fmachina.cn.

 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink