Abramilho defende diminuição de tempo de análise de agroquímicos

Agronegócio

Abramilho defende diminuição de tempo de análise de agroquímicos

Comissão trata da Política Nacional de Defesa Vegetal
Por: -Leonardo Gottems
2939 acessos

 

“O tempo de análises e comprovações hoje é muito longo, é preciso reduzi-lo”. A afirmação é do consultor técnico da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), Gustavo Carneiro, que participou em Brasília de reunião da Comissão Especial da Câmara dos Deputados que trata sobre a Política Nacional de Defesa Vegetal. 

A Comissão analisa quais alterações devem ser feitas na lei que criou as atuais regras para análise e liberação dos defensivos agrícolas. Está em debate até mesmo a denominação dos hoje chamados “agrotóxicos” (por força da legislação vigente), para “defensivo agrícola”.

Atualmente, o demorado tempo de avaliação e registro de novas moléculas é uma das principais queixas do setor. A morosidade e burocracia deixa muitas vezes que doenças e pragas infestem plantações e provoquem prejuízos bilionários, além de comprometer a segurança alimentar. 

Gustavo Carneiro afirma que o processo de discussão ainda vai levar um tempo, para depois ser criado um projeto de lei a ser enviado diretamente ao plenário da Câmara para votação. “O projeto será amplamente discutido por um bom tempo até ser aprovado”, aponta ele. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink