Agronegócio

Abrapa participa de almoço com presidente interino Michel Temer

Organizado pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o almoço contou com a presença de parlamentares e ministros
Por:
313 acessos

A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) e outras entidades do agronegócio tiveram a oportunidade de apresentar as demandas do setor ao presidente interino Michel Temer, durante almoço promovido pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), nesta terça-feira (12). Também participaram os ministros Blairo Maggi, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Gilberto Kassab, de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e Geddel Vieira Lima, da Secretaria de Governo.
 
“O encontro foi muito positivo para todo o agronegócio. Temer demonstrou muita consciência da necessidade do campo de ter mais liquidez em suas atividades e sinalizou seu reconhecimento para nós que, hoje, o setor é o mais importante do país”, destacou o presidente da Abrapa, João Carlos Jacobsen.
 
Na ocasião também foi entregue ao presidente Temer uma carta com as principais pautas da frente. O texto enaltece e reconhece constitucionalmente a gestão do interino, levantando temas considerados estratégicos para o agronegócio como o licenciamento ambiental, a aquisição de terras por estrangeiros e a regularização fundiária, que evoca a questão Indígena e Quilombola, assim como problemas relacionados a assentamentos com finalidade de reforma agrária. 
 
O documento, assinado pelo presidente da FPA e deputado federal, Marcos Montes (PSD-MG), também elogia a escolha da equipe econômica e cobra o fortalecimento de políticas públicas de apoio à assistência técnica, extensão rural e agricultura familiar. “A nova administração federal tem legitimidade constitucional e conta com comprometimento de uma equipe econômica competente. A FPA acredita na capacidade para reorganizar aspectos macroeconômicos essenciais para que, a partir de reformas estruturais, possamos readquirir a confiança do setor privado, retomar investimentos e recolocar o Brasil na trajetória do crescimento”, relata a bancada ruralista no documento.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink