ABS e Matinha firmam parceria para implantar Projeto de Eficiência Alimentar

Agronegócio

ABS e Matinha firmam parceria para implantar Projeto de Eficiência Alimentar

O principal objetivo é criar um índice econômico que possa permitir ao pecuarista selecionar uma genética provada
Por: -Janice
1437 acessos
Na primeira semana de abril a ABS deu mais um importante passo dentro do Planejamento Estratégico do Grupo que é fazer investimentos para melhorar cada vez mais a qualidade dos produtos e serviços oferecidos em todo mundo. Os diretores da Genus Américas, ABS Global e ABS Pecplan fecharam uma parceria com o selecionador Luciano Borges, do Rancho da Matinha, para trazer ao Brasil a tecnologia GrowSafe System, do Canadá.

Esse equipamento - de última geração e inédito no Brasil - será implantado pioneiramente no Rancho da Matinha com o objetivo de monitorar a ingestão de alimentos e o comportamento individual dos animais. Todo o sistema é automatizado e informatizado, o que garante precisão dos dados que vão comprovar a eficiência alimentar de cada bovino. “A diferença entre um animal de menor ou maior eficiência alimentar pode chegar a 40%, daí a importância de direcionarmos a seleção genética do Nelore para linhagens que obtenham maior ganho de peso com menor consumo de alimentos”, explica o Gerente de Produto Corte Zebu da ABS Pecplan, Gustavo Morales Britto.

O investimento total dos parceiros, incluindo a aquisição do GrowSafe, estrutura do confinamento, os equipamentos necessários e o treinamento dos profissionais , supera R$ 1.200 milhão de reais. “É a ABS, mais uma vez, na vanguarda das mais modernas tecnologias em sintonia com as demandas do produtor brasileiro. Podemos dizer que essa é uma nova etapa no melhoramento genético do Nelore, base do nosso rebanho. Com o início dessas análises, que serão conduzidas pela ANCP (Associação Nacional dos Criadores e Pesquisadores), o principal objetivo é criar um índice econômico que possa permitir ao pecuarista selecionar uma genética provada para maior retorno financeiro em cada animal ou arroba de carne produzida", afirma Márcio Nery, Diretor Geral da ABS Pecplan.

Para permitir o perfeito funcionamento do GrowSafe, é necessária uma infra-estrutura específica na fazenda, incluindo internet wireless, já que os dados são transmitidos em tempo real para o computador que faz as análises. Os animais são identificados com um brinco. A alimentação será feita a base de silagem e ração em uma mistura homogênea. “A medição de consumo dos bovinos é um trabalho caro e difícil de ser feito numa forma precisa. Mas a Genus reconhece a importância desse trabalho e decidiu investir para ajudar os produtores ter mais rentabilidade ao diminuir os custos com a alimentação, um dos pontos que mais demandam gastos para a fazenda”, frisa Guy Prall, Gerente de Desenvolvimento de Negócios da Genus Américas.

Segundo o selecionador Luciano Borges, as pesquisas sobre eficiência alimentar nos bovinos tem bases científicas e resultados comprovados nos Estados Unidos, Canadá e Austrália. A ABS Global, por exemplo, comercializa genética com seleção baseada nessa característica há mais de 14 anos. São essas informações que comprovam a correlação entre a eficiência alimentar no confinamento ou a campo, fazendo com que o aprimoramento dessa característica beneficie qualquer produtor, independente do sistema de manejo, tamanho do rebanho ou posição geográfica da fazenda. “Imagine a economia de um criador se ele possuir apenas animais em média 20% mais produtivos, mais eficientes. Sem falar dos benefícios para o meio ambiente. Os bovinos que comem menos emitem menos metano, contribuindo com a preservação da camada de ozônio. Em uma mesma área de pastagem o produtor pode ter mais cabeças, outra forma de ajudar a preservar a natureza”, destaca o proprietário do Rancho da Matinha.

Todos dados coletados pelos Sistemas GrowSafe são monitorados continuamente pelos servidores da fabricante canadense, permitindo resolução de problemas e treinamento de funcionários através da Internet. A coleta de dados é contínua, registra se há erros ou alterações na programação e não permite a alteração dos dados coletados manualmente. Segundo Márcio Nery ainda este ano os primeiros resultados das análises serão divulgados e em 2012 a empresa já estará disponibilizando sêmen de touros selecionados com a chancela GrowSafe. “O mercado brasileiro já conhece o excelente trabalho de melhoramento realizado pela Matinha e o resultado de sua progênie é incontestável. Por esta razão temos a absoluta certeza de que, agregando as análises de eficiência alimentar, estaremos disponibilizando ao mercado um produto com um pacote genético único”, finaliza o diretor.

As informações são da assessoria de imprensa da ABS Pecplan.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink