Acadêmicos estagiam em propriedades rurais em Mato Grosso

Agronegócio

Acadêmicos estagiam em propriedades rurais em Mato Grosso

Os estudantes ficarão em propriedades rurais de Mato Grosso durante a safra de soja 2016/17
Por:
475 acessos

Os estudantes ficarão em propriedades rurais de Mato Grosso durante a safra de soja 2016/17

Oportunidade de colocar em prática a teoria da faculdade e ingressar no mercado de trabalho. É a expectativa dos 11estudantes que iniciaram hoje o treinamento do Profissionais do Futuro, programa de estágio da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e da FMC. “O objetivo principal é suprir a mão de obra nas propriedades rurais. É formação de gerentes de propriedades, despertar essa vontade de trabalho nas fazendas, envolvendo-se com todos os elos de gestão”, explica Cristiane Sassagima, gerente de Pesquisa e Gestão de Propriedades da Aprosoja.

Tamara Raiane Silvéio de Souza é estudante de Agronomia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e decidiu participar porque quer ir além de um estágio para “cumprir tabela”. “Quero já me incluir no mercado de trabalho. A expectativa é grande e já no treinamento aprendi coisas novas. Imagina como será no final dos cinco meses?”, empolga-se.

Os estudantes ficarão em propriedades rurais de Mato Grosso durante a safra de soja 2016/17, acompanhando todos os processos produtivos – do plantio à colheita. Para Matheus Henrique Viola, também da UFMT, é uma oportunidade de colocar a teoria em prática. “No treinamento estamos tendo aulas fantásticas. Acho que vai ser legal e vai dar tudo certo”, avalia.

O Profissionais do Futuro tem também como objetivo captar os talentos para atuar no agronegócio e ensinar na prática as competências exigidas para área. “Há uma grande demanda por pessoas neste setor e elas precisam ter a capacidade de desenvolver produtos e levar informações ao produtor. Precisamos de gente que agreguem conhecimento ao campo”, afirma Fábio Carvalho Gimenez, coordenador dos estágios da FMC.

Para a analista da Aprosoja, Cristiani Bernini, o programa vem se firmando como um sucesso ano após ano. “Há demanda por profissionais bem estruturados para atuar nas propriedades rurais. E verificamos, ao término dos estágios, que muitos estudantes já conseguiram vaga no mercado de trabalho”, conta.

As atividades ocorrem em período integral em uma fazenda e durante o estágio os selecionados se tornam colaboradores da Aprosoja. As propriedades são escolhidas entre fazendas de associados da entidade. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink