Ação na feira do produtor chama atenção para a saúde

Agronegócio

Ação na feira do produtor chama atenção para a saúde

Os homens que participaram da ação puderam assistir palestras, aferir pressão e medir a glicose
Por:
1810 acessos

Os homens que participaram da ação puderam assistir palestras, aferir pressão e medir a glicose

 

Após o Outubro Rosa, chegou a vez do Novembro Azul. A campanha tem como objetivo conscientizar o homem para os cuidados com a saúde de uma forma geral.

Pensando nisso, a Seapa (Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento) promoveu uma ação neste sábado (12), na Feira do Produtor, voltada para os clientes e feirantes. Entre os serviços ofertados, aferição de pressão, verificação de glicose e cálculo de IMC (Índice de Massa Corporal).

O administrador da Feira do Produtor, Nadson Velasco, explicou que a ação foi realizada em parceria com os acadêmicos do curso de enfermagem da faculdade Fares. "Antes de aferir a pressão e usufruir dos demais serviços, os homens que participaram da ação também puderam conferir palestras sobre cuidados com a saúde".

Entre os assuntos abordados, diabetes e hipertensão. "Mostramos um pouco sobre as causas e sintomas destas doenças, que acometem vários homens em todo o mundo. São doenças sem cura mas que possibilitam que a pessoa viva bem se fizer tratamento, ter uma vida regrada com alimentação saudável e prática de exercícios", disse Velasco.

O feirante Antônio Silva participou da ação e disse que apesar de não ter tanto cuidado com a saúde, reconhece a importância da campanha. "Nunca me preocupei muito com a saúde e sei que preciso melhorar, depois desta palestra tentarei mudar um pouco os meus hábitos. No fim das contas, estarei fazendo bem para mim mesmo", declarou.

Enquanto fazia compras pela Feira, o autônomo Wendel Perez percebeu a movimentação no estande da campanha e se aproximou para verificar do que se tratava. "Gostei da iniciativa, é muito importante despertar o interesse do homem para os cuidados com a saúde, pois a maioria não se importa muito com isso", pontuou.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink