Acesso a crédito rural permite qualificação de propriedades rurais em Santo Antônio das Missões

Agronegócio

Acesso a crédito rural permite qualificação de propriedades rurais em Santo Antônio das Missões

Entidades visitaram na última semana duas propriedades rurais, onde foram observadas ações realizadas a partir da aplicação de recursos oriundos de projetos de crédito.
Por:
2074 acessos

Com o intuito de auxiliar na viabilidade de projetos de famílias rurais de Santo Antônio das Missões, Emater/RS-Ascar, Prefeitura Municipal e Banco do Brasil, visitaram na última semana duas propriedades rurais, onde foram observadas ações realizadas a partir da aplicação de recursos oriundos de projetos de crédito via Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O acesso ao crédito, por exemplo, permitiu que os produtores implantassem novas oportunidades de renda e otimização do trabalho em suas propriedades. 

Com objetivos de diversificar atividades, aumentar a produtividade e melhorar a renda, o agricultor de Rincão dos Miranda, Jorge Ávila dos Santos, que junto com sua esposa e um dos três filhos, tem como principal atividade a bovinocultura de leite, diversificou, implantando a atividade de piscicultura. 

De acordo com o chefe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, Flávio Augusto Bonato, "o novo sistema produtivo contou com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, que licenciou a obra, bem como com a Emater, que participou da elaboração do projeto com acompanhamento da construção do feito e responsabilidade técnica. O Banco do Brasil, principal agente do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), entrou com a liberação do crédito". 

Na área da família Ávila dos Santos foram construídos quatro tanques escavados, com aproximadamente 1.200m² cada. Depois de realizadas a correção do solo e adubação, os açudes receberão alevinos para engorda e posterior comercialização.

A outra visita foi no dia 1º de junho, na propriedade da família de José Carlos Antunes Marques, que com a renda da atividade leiteira auxilia os três filhos nas despesas com a universidade particular. José Carlos e a esposa, Vanda, possuem uma área de 40 hectares com moderno sistema de ordenha e armazenamento da produção leiteira. Recentemente, com o apoio da assistência técnica da Emater/RS-Ascar, em consonância com agência de crédito, a família Marques adquiriu um vagão forrageiro, equipamento que auxilia mecanicamente na coleta, transporte e descarga da silagem de milho que é produzida na propriedade e serve de alimento aos bovinos de leite no período de entressafra de pastagem. O vagão forrageiro auxilia na atividade, economizando tempo de trabalho e diminuindo a penosidade do trabalho. Segundo dona Vanda, esposa de José Carlos, "até sobra um tempinho para assistir a novela".

Acompanharam a visita à propriedade, o prefeito Puranci Barcelos, o chefe do escritório local da Emater/RS-Ascar, Flávio Augusto Bonato, e a gerente do Banco do Brasil, Rosana Winterfeld, sendo observados aspectos como gestão, organização, produção e qualidade do leite.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink