Ações para atrair investimentos são destacadas por Pedro Taques na Intercorte

Agronegócio

Ações para atrair investimentos são destacadas por Pedro Taques na Intercorte

Instituto Mato-grossense da Carne (Imac) foi apresentado ao setor pecuário do país
Por:
566 acessos

As iniciativas do estado de Mato Grosso para criar um ambiente negocial que atraia investimentos e o desenvolvimento de ações e projetos focados na qualidade e divulgação de seus produtos foram elogiadas por representantes de diversos estados durante a Exposição Tecnológica da Cadeia Produtiva da Carne (Intercorte) etapa São Paulo. O evento encerrou na sexta-feira (17) com a presença do governador Pedro Taques. A feira contou com um estande do Instituto Mato-grossense da Carne (Imac).

Pedro Taques participou do painel que discutiu a liderança no agronegócio e as políticas públicas voltadas para o setor, junto com representantes dos estados de Mato Grosso do Sul, Rondônia, São Paulo e Minas Gerais.

Em sua fala, Taques destacou o papel que Mato Grosso desempenha na economia brasileira. “Somos apenas 1,6% da população brasileira, mas somente no ano passado, exportamos US$$ 16 bilhões. Somos os maiores em produção de soja, milho, algodão e pecuária de corte e temos a responsabilidade de alimentar o mundo. Mas não adianta produzir somente em quantidade, nós queremos ir além, queremos vender qualidade. Por isso criamos o Imac e estamos buscando um ambiente mais negocial, promovendo mudanças para que tenhamos um estado que atrapalha menos, que seja mais facilitador. Hoje ninguém quer saber onde o produto foi produzido, mas sim a sua qualidade”.

O governador fez ainda um chamamento aos outros estados, para que trabalhem mais unidos. “Em 2015 Mato Grosso teve um superávit na balança comercial de US$ 13 bilhões. Mas não adianta Mato Grosso ficar sozinho, o Brasil precisa se unir. Nós, governadores do Brasil Central, um fórum que é formado pelos estados do Centro-Oeste (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal), mais os estados de Rondônia e Tocantins entendemos que precisamos trabalhar juntos, focados nas potencialidades dos nossos estados. Não adianta competirmos entre os Estados, precisamos ter qualidade no que produzimos e acessar novos mercados. Assim, todo mundo sai ganhando”, pontou Taques.

O secretário de Agricultura de São Paulo, Arnaldo Jardim, cumprimentou a iniciativa de criação do Imac, que destacou como um marco referencial para a pecuária brasileira. “É uma iniciativa pioneira que vai ao encontro do desafio da pecuária nacional, que é não só continuar a produzir, mas produzir com qualidade, agregando valor ao produto”.

O vice-governador de Rondônia, Daniel Pereira, destacou a parceria entre Mato Grosso e seu estado. “Mato Grosso é referência para nós em muitos pontos, entre eles o agronegócio e deixo aqui registrado o nosso sentimento de cooperação”.

Para o consultor da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Francisco Vila, que mediou o painel Políticas Públicas da Carne, Mato Grosso está fazendo a lição de casa e dando exemplo ao país. “Vejo que o Estado está saindo na frente e isso é algo que precisa ser destacado”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink