Acordo entre Trump e Xi é alívio temporário, diz Dong

POLÍTICA

Acordo entre Trump e Xi é alívio temporário, diz Dong

"O governo Trump afirma que os dois lados discutiram o acordo'
Por: -Leonardo Gottems
50 acessos

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente chinês, Xi Jinping, concordaram no fim de semana que nem os Estados Unidos nem a China aumentariam as tarifas nos próximos 90 dias. De acordo com Nelson G. Dong, sócio sênior do escritório de advocacia internacional Dorsey & Whitne, o acordo irá modificar a atitude das empresas. 

“O governo Trump afirma que os dois lados discutiram o acordo da China para fazer algumas compras não especificadas, mas muito substanciais de bens dos EUA, particularmente produtos agrícolas, energéticos e industriais, e o acordo da China para reduzir as tarifas sobre automóveis dos EUA. No entanto, a mídia estatal chinesa tem sido mais circunspecta sobre os detalhes e não menciona o prazo de 90 dias. Além disso, a mídia estatal da China relata que os dois lados chegaram a um acordo provisório sobre a eliminação de uma gama mais ampla de tarifas do que a Casa Branca descreve”, comenta. 

Segundo Dong, mesmo que os Estados Unidos cumpram sua intenção declarada de fornecer um alívio de curto prazo para os importadores dos EUA, e a China retribui temporariamente concedendo alívio aos exportadores dos EUA e suas contrapartes chinesas. Ele indica que os dois lados não serão capazes de alcançar qualquer melhoria a longo prazo nas relações comerciais. 

“Segundo o acordo de Buenos Aires, os Estados Unidos adiarão o aumento anteriormente anunciado das tarifas norte-americanas sobre produtos de origem chinesa, o que significaria um alívio temporário para os importadores de uma grande variedade de mercadorias. Entre julho e setembro de 2018, o governo Trump impôs tarifas punitivas contra três listas de produtos de origem chinesa sob a Seção 301 da Lei de Comércio de 1974, que coletivamente representam quase metade de todos os bens importados de origem chinesa”, conclui. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink