ACSURS lança PNDS no estado e realiza oficinas de cortes suínos
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,144 (0,48%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (-0,09%)


Agronegócio

ACSURS lança PNDS no estado e realiza oficinas de cortes suínos

Retorno da suinocultura gaúcha a Expointer foi marcada por novidades
Por: -Marianna
717 acessos
Inovando nas ações do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS) a ACSURS realizou na Expointer 2010 – a maior feira de agronegócios da America Latina que recebeu mais de 130 mil visitantes – junto ao Sebrae/RS uma oficina de Cortes e Manipulação da Carne Suína e Desossa e preparação de pratos , que reuniu mais de 600 pessoas durante oito dias. Ministrada pelo consultor em cortes de carnes do Sebrae estadual, Marcelo Conceição, e a culinarista e professora de gastronomia, Rejane Lorenzon, a oficina apresentou novas maneiras de desossa, cortes e pratos à base de carne suína. A novidade foi o “aquário” criado para as demonstrações, onde os profissionais atuavam separados do público, para manter a limpeza e higiene nas preparações.

Mas o público presente pode se deliciar com vários pratos tais como strogonoff, escalopes, pastéis, almôndegas, entre outros, além de conhecerem um pouco mais sobre a evolução da produção suinícola no Brasil e no estado. Por meio do consultor de marketing do PNDS, Fernando Barros, e do diretor-executivo do PNDS no RS, Rodrigo Rizzo, os visitantes puderam conhecer também os valores nutricionais da carne suína e sua importância na alimentação humana.

Já o lançamento oficial do PNDS no Estado com a assinatura do Protocolo de Cooperação para Implementação do Projeto, aconteceu no dia 31 de agosto (terça-feira) no Centro de Convívio da ACSUR, em que estiveram presentes parceiros importantes como a Farsul (Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul), dirigentes e lideranças das entidades regionais de suinocultores ligadas a ACSURS, a UPF (Universidade de Passo Fundo), entre outros que vão colaborar para o desenvolvimento do PNDS no estado.

Segundo o gerente do setorial de Agronegócios do Sebrae/RS, João Paulo Kessler, o Projeto tem ampliado a visão do Sebrae estadual que, segundo ele, “tem o foco na profissionalização e capacitação do produtor”. “Agora é preciso ir além, pensar na cadeia como um todo, por isso já temos diferentes propostas dentro da entidade visando a cadeia”. Para o gerente da Unidade de Agronegócios do Sebrae Nacional, Paulo Alvim, que esteve presente em uma das oficinas junto ao Presidente do Sebrae RS, Paulo Tigre, e do gerente do PNDS no Sebrae Nacional, João Fernando Nunes, essas ações trazem grande retorno do setor, “principalmente numa feira com a importância que a Expointer possui para todo o estado”.

A mesma visão tem o presidente da ABCS, Irineu Wessler, já que para ele a suinocultura gaúcha não poderia retornar ao evento em melhor momento. “Estamos focados nas ações do PNDS no Rio Grande do Sul e esperamos resultados bastante positivos, por isso, a volta a Expointer é essencial ao produtor gaúcho que sente mais confiante e também para os coordenadores e executores do Projeto no estado”, comenta. Ainda segundo ele, “o PNDS precisa do comprometimento e empenho das filiadas e Sebraes Ufs para alcançar suas metas, por isso aproveito a oportunidade para parabenizar a ACSURS e o Sebrae/RS que coordenaram de forma muito eficiente a ação realizada”.

Para o presidente da ACSURS, Valdecir Folador, a participação da feira é um contato importante entre produtores, além da captação de negócios e da atualização técnica. Segundo ele, a ação na Expointer ampliará ainda mais os resultados das próximas ações. “Ganhamos reconhecimento e divulgamos o PNDS em um evento de grande importância para o estado, tivemos presentes muitos veículos de comunicação tanto regionais quanto de grande mídia e isso é muito valioso para o Projeto, para a divulgação da carne suína”.

Como continuidade das ações do PNDS a ACSURS também deverá iniciar, até o final de setembro, o módulo do Programa Sebrae da Qualidade Total Rural (De Olho) com parte dos produtores da ACSURS com o objetivo de conscientização dos empresários rurais sobre a importância da organização de sua propriedade, fornecendo ferramentas para aumentar a competitividade no mercado suinícola. Está previsto também para esse período o levantamento de informações e a sensibilização de parceiros, além da formatação de parcerias na região de Erechim e Passo Fundo, para a realização de ações conjuntas do Projeto. Neste contexto, será pesquisada a situação da cozinha industrial, merenda escolar, churrascarias, ação com estudantes de medicina, nutrição e áreas afins para desmistificação da carne suína, curso de cortes para açougueiros e realização da Campanha Um Novo Olhar Sobre a Carne Suína junto a supermercados parceiros para efetivamente colaborar com o aumento de consumo da carne suína.
As informações são da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink