Açúcar: preços atingem máxima de 2 meses em NY

Imagem: Pixabay

Açúcar

Açúcar: preços atingem máxima de 2 meses em NY

A quarta-feira (3) foi marcada pela forte alta dos preços do açúcar nas bolsas internacionais
Por:
401 acessos

A quarta-feira (3) foi marcada pela forte alta dos preços do açúcar nas bolsas internacionais. Em Nova York, o lote com vencimento para julho/20 subiu 40 pontos e foi firmado em 11.62 centavos de dólar por libra, sendo este o valor mais alto desde 13 de março. O vencimento para outubro/20 também valorizou 40 pontos e fechou em 11.70 centavos de dólar por libra-peso. Os demais vencimentos subiram entre 37 e 44 pontos.

O motivo da valorização da commodity foi a valorização do real. "A recuperação das moedas nos mercados emergentes está ligada a uma recuperação nas economias globais. Se essa tendência continuar, o consumo -- que teve um recuo acentuado -- deve melhorar", disse um corretor em Nova York, de acordo com a Reuters.

Ontem a INTL FCStone divulgou que vê déficit menor no mercado global de açúcar com aumento na produção brasileira. De acordo com a consultoria, durante a safra 2019/20 o mercado global de açúcar deve ter déficit de 3,1 milhões de toneladas, ante 8,6 milhões de toneladas estimadas na previsão de março.

O açúcar branco negociado em Londres, na ICE Europe também registrou alta. O lote para agosto/20 fixou em US$ 375,60 a tonelada, valorização de 5,60 dólares. Os contratos para outubro/20 foram firmados em US$ 359,80 a tonelada, alta de 5,70 dólares. Os outros vencimentos subiram entre 8 e 8,70 dólares.

Mercado doméstico

Ontem (3), em São Paulo, a saca de 50 kg de açúcar cristal fechou em R$ 75,69, pelo indicador Cepea/Esalq, da USP, recuo de 0,68% quando comparado ao valor da véspera. Esta foi 2ª queda consecutiva do indicador.

Etanol

O indicador diário do etanol hidratado, medido pela Esalq/BM&FBovespa, posto Paulínia, fechou nessa quarta-feira em R$ 1.676,50 o metro cúbico, alta de 0,57% quando comparado ao valor da véspera. Esta foi 3ª alta consecutiva do indicador.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink