Agronegócio

Açúcar de MS já foi vendido para 33 países em 2013, diz MDIC

O principal comprador do Estado foi a Rússia, com 133,383 mil t
Por: -Anderson Viegas
1461 acessos
De janeiro a setembro deste ano o açúcar produzido pelas usinas sucroenergéticas de Mato Grosso do Sul foi comercializado com 33 países, segundo dados do Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior (AliceWeb), da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).


De acordo com o MDIC, nestes três trimestres, o principal comprador do açúcar produzido no Estado foi a Rússia, com 133,383 mil toneladas, o equivalente a 14,44% do total comercializado que foi de 923,372 mil toneladas. Na sequência aparecem a Argélia, com 113,301 mil toneladas (12,27%) e o Canadá, com 106,515 mil toneladas (11,53%).

Além da Rússia, da Argélia e do Canadá, o açúcar sul-mato-grossense também foi vendido nestes nove meses para a Malásia, Georgia, Bangladesh, Índia, China, Emirados Árabes Unidos, Israel, Lituânia, Uruguai, Venezuela, Bahrein, Uzbequistão, Suíça, Tunísia, Congo, Polônia, Nigéria, Marrocos, Portugal, Croácia, Arábia Saudita, França, Espanha, Egito, Bulgária, Indonésia, Irã, Ucrânia, Africa do Sul e Paraguai.


Nestes três trimestres de 2013, a maior parte do açúcar exportado pelo Estado, 742,617 mil toneladas, o que representa 80,42%, foi escoado pelo porto de Paranagua, no Paraná. Depois, na sequência aparece o porto de Santos, em São Paulo, com 160,586 mil toneladas (17,39%).

Entre os tops

Conforme as informações do MDIC, nestes nove meses, o açúcar se consolidou como o terceiro principal produto em receita nas exportações de Mato Grosso do Sul, com um faturamento de US$ 396,083 milhões . O alimento, que já chegou a ocupar a quinta posição na listagem durante o mês de abril, foi superado no acumulado de janeiro a setembro apenas pela celulose, com US$ 781,247 milhões e a soja, com US$ 1,164 bilhão.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink