Açúcar tem forte alta e ultrapassa os 23 cts/lb em Nova York

Agronegócio

Açúcar tem forte alta e ultrapassa os 23 cts/lb em Nova York

Nesta terça-feira (27), o preço do açúcar rompeu a barreira dos 23 cents na bolsa norte-americana.
Por:
323 acessos

Nesta terça-feira (27), o preço do açúcar rompeu a barreira dos 23 cents na bolsa norte-americana. A commodity subiu 48 pontos no vencimento outubro/16 e foi comercializada a 23,02 centavos de dólar por libra-peso. Alta também em todas as outras telas, que tiveram uma oscilação positiva de 5 a 32 pontos. Um reflexo da perspectiva de déficit na oferta mundial de açúcar. 

"O déficit vai ser bem grande e não é só uma questão de problema climático, é estrutural. Para resolver é preciso ter investimento em aumento da capacidade, e isso não está ocorrendo atualmente", disse João Paulo Botelho, analista da FCStone nesta quarta-feira (28). Ainda segundo a consultoria, a demanda mundial superará a oferta em 9,7 milhões de toneladas na safra 2016/17.

Em Londres, o açúcar se manteve valorizado. Na tela de outubro/16, a alta foi de 6,30 dólares, com negócios firmados em US$ 605,20 a tonelada. Nos outros lotes, o aumento oscilou de 1,40 a 6,40 dólares. Apenas o vencimento dezembro/17 registrou recuo de 70 cents.

Mercado doméstico

Ontem, no mercado interno, os preços do açúcar cristal subiram novamente. De acordo com os índices do Cepea/Esalq, da USP, houve aumento de 1,06% no comparativo com os preços praticados na véspera, cotado a R$ 90,00 a saca de 50 quilos.


Etanol hidratado

O etanol hidratado, medido pela Esalq/BVMF, também subiu. Uma valorização de 0,82% em relação ao dia anterior. O metro cúbico do biocombustível foi negociado a R$ 1.667,00.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink