Escorpião Amarelo

Acúmulo de lixo contribui para o aparecimento da praga, diz bióloga

Crescimento desordenado de grandes capitais facilita para o aparecimento do escorpião amarelo
Por: -Aline Merladete
639 acessos

Na última quinta-feira (09.11) um alerta epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde foi emitido com informações sobre a existência do escorpião amarelo em Porto Alegre/RS e para os cuidados em caso de picadas. Os escorpiões possuem um veneno que ao entrar nos organismo humano, causam fortes dores, inflamações e podem até levar à morte de idosos e crianças pequenas.

A praga que deixou o estado do Rio Grande do Sul em alerta é um escorpião típico do Sudeste, Centro oeste e Nordeste do Brasil, é a principal espécie que causa acidentes graves, com registro de óbitos, principalmente em crianças. De acordo com Maria Fernanda Zarzuela, bióloga especialista em controle de pragas urbanas da Bayer, o crescimento desordenado das grandes capitais e a falta de saneamento básico geram acúmulo de lixo e entulho em algumas regiões, um habitat perfeito para esse tipo de praga, que se alimentam de baratas e outros insetos e se abrigam em locais escuros e úmidos.

A Bióloga ainda ressalta que existem cuidados que devem ser tomados para se proteger, como evitar o acúmulo de lixo e entulho nas ruas, manter os terrenos baldios sempre limpos e com a grama cortada. Dentro de casa, é importante evitar sapatos, caixas e outros objetos jogados que possam servir de esconderijo e evitar deixar ralos, canos e tubulações destampados . “É importante fazer  um controle efetivo de baratas, que são a principal fonte de alimento dos escorpiões em ambientes urbanos. E sempre pedir para a empresa de controle de pragas utilizar o produto que é específico para escorpiões”, alerta. 

Em caso de acidentes com o animal é preciso levar a pessoa imediatamente ao hospital. No caso de visualização do animal, a orientação é evitar o contato e informar a localização através do telefone 156, da prefeitura.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink