Adapec e Inpev fiscalizarão devolução de embalagens vazias de agrotóxicos no TO

Agronegócio

Adapec e Inpev fiscalizarão devolução de embalagens vazias de agrotóxicos no TO

O objetivo é verificar o andamento das devoluções, com ênfase no percentual de embalagens contaminadas
Por:
1041 acessos
Começa na próxima segunda-feira, 10, uma série de fiscalizações nas unidades de recebimentos de embalagens vazias de agrotóxicos do Tocantins, numa parceria entre a Adapec - Agência de Defesa Agropecuária e o Inpev- Instituto Nacional de Embalagens Vazias. O objetivo é verificar o andamento das devoluções, com ênfase no percentual de embalagens contaminadas.

A fiscalização finalizará na sexta-feira, 14. A equipe percorrerá as seis unidades de recebimento de embalagens, localizadas nos municípios de: Pedro Afonso e Silvanópolis (centrais); Formoso do Araguaia, Colinas, Araguaína e Lagoa da Confusão (postos). “Continuamente a Adapec promove ações, visando a conscientização dos fabricantes, das revendas e dos produtores rurais, porém, a visita do Instituto vem reforçar os nossos trabalhos, que conseguiu um aumento de 90% nas devoluções de embalagens vazias em 2008, em relação ao mesmo período de 2007”, afirma o presidente da Adapec, Humberto Camêlo.

De acordo com o chefe de núcleo de agrotóxicos da Adapec, José Carlos Dias, o estoque de embalagens nos postos de recebimento, reflete o resultado final dos trabalhos desenvolvidos por várias instituições, como por exemplo, o Inpev e a própria Agência. “Periodicamente o Instituto visita o Estado para averiguar juntamente conosco o andamento das devoluções. A partir desse levantamento, nós planejaremos ações mais eficazes sobre as normas legais e os procedimentos adequados, para que a produção trabalhe de maneira integrada com a preservação ao meio-ambiente”, explica.

Durante as visitas, será articulada a realização do “Dia Nacional do Campo Limpo”, que ocorrerá simultaneamente em 23 Estados, no dia 18 deste mês. No Tocantins, a data será comemorada nos municípios de Silvanópolis e Pedro Afonso.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink