Palestras

Adapec recebe acadêmicos da Faculdade Católica em palestras sobre controle da raiva dos herbívoros

Na manhã da terça-feira, 13, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) recebeu a visita de três turmas de acadêmicos do curso de Medicina Veterinária
Por:
12 acessos

Na manhã da terça-feira, 13, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) recebeu a visita de três turmas de acadêmicos do curso de Medicina Veterinária da Faculdade Católica do Tocantins. Na ocasião, foi apresentando a estrutura do órgão e ministrado palestras sobre o controle da raiva dos herbívoros (bovídeos, equídeos, ovinos e caprinos), pelo responsável pelo Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros, José Emerson Cavalcante.

Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer a forma de tratamento da doença, como é feito o controle dos morcegos hematófagos (principal transmissor da raiva na zona rural), monitoramento de abrigos dessas espécies, o ciclo rural e urbano da doença, entre outros. “Os futuros profissionais tiveram um panorama geral que envolve a atuação do órgão na prevenção e no controle da doença”, disse José Emerson.

A professora da Faculdade Católica, Benta Natânia Figueiredo, ressaltou a importância desse compartilhamento de informações para a formação superior. “Nossos acadêmicos têm a oportunidade de conhecer o trabalho efetivo de perto, sanar dúvidas, trocar informações e se interarem da situação atual que envolve todos os aspectos da raiva animal”, pontuou. 

Dados

Em 2017, foram realizadas 275 palestras com a participação de 6.224 pessoas em todo o Estado. Neste mesmo período, foram realizadas 560 ações resultando na captura de 2.814 morcegos hematófagos, deixando o Tocantins atrás somente do estado de São Paulo.  Foram feitas 2.932 vigilâncias ativas e registrado apenas 43 focos de raiva. “As ações de controle da enfermidade no Estado têm se destacado no cenário nacional pelos ótimos resultados alcançados, portanto, os futuros profissionais estarão mais conscientes do compromisso em dar continuidade às atividades”, ressalta o presidente da Adapec, Humberto Camelo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink