Adiada votação de projeto que amplia teto de endividamento

Agronegócio

Adiada votação de projeto que amplia teto de endividamento

A votação do projeto de lei eleva o teto de renegociação das dívidas de produtores rurais para R$ 100 mil
Por:
1 acessos

A votação do projeto de lei que eleva o teto de renegociação das dívidas de produtores rurais de R$ 35 mil para R$ 100 mil, prevista para a reunião da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) desta terça (26-04), foi adiada para a próxima semana. O pedido foi apresentado pelo autor do projeto, senador César Borges (PFL-BA). O relator, senador Jonas Pinheiro (PFL-MT), apoiou o adiamento para discutir o projeto com representantes da área econômica do governo que se manifestaram contra a proposta.

Com parecer favorável do relator, o projeto será votado em caráter terminativo, não precisando ir a Plenário a menos que haja recurso de pelo menos nove senadores. De acordo com a proposição, o agricultor também será dispensado da contrapartida de 10% das prestações vencidas como condição para renegociação. Esses valores, na opinião do senador César Borges, limitam os benefícios aos pequenos e médios agricultores de todo o Brasil, vítimas das últimas estiagens do Sul ao semi-árido nordestino.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink