ADM anuncia nova fábrica de processamento de soja no Paraguai
CI
Agronegócio

ADM anuncia nova fábrica de processamento de soja no Paraguai

Planta tem capacidade de 3.500 toneladas e gerou 160 empregos
Por:
A Archer Daniels Midland Company (NYSE: ADM) anuncia hoje a abertura de sua nova fábrica de processamento de soja no Paraguai, na cidade de Villeta. A planta tem uma capacidade diária de 3.500 toneladas e gerou 160 empregos diretos na região.

"Estamos muito satisfeitos em nos unir ao Presidente Franco e à cidade de Villeta para celebrar esta nova instalação que conta com tecnologia de ponta", disse Juan Luciano, vice-presidente executivo e diretor global de operações da ADM. "Este é mais um passo adiante na nossa estratégia de expansão das operações nas regiões produtoras mais importantes do mundo."


A nova fábrica, construída ao lado da já existente misturadora de fertilizantes em Villeta, aumenta em mais de 20% a capacidade de moagem de oleaginosas da ADM na América do Sul. A localização do complexo, perto de uma instalação portuária no rio Paraguai, permite uma eficiente capacidade de originação e exportação.


"Esta localização estratégica, em Villeta, permite a integração completa de logística", disse Luciano. "Nossos barcos chegam com insumos para a produção de fertilizantes e saem carregados com os produtos de soja. Caminhões chegam com soja de diferentes regiões do país, e voltam ao campo com fertilizantes projetados para atender as muitas e variadas demandas de agricultores modernos e produtivos".


A construção da instalação inclui vários elementos focados na sustentabilidade, incluindo um sistema integrado de tratamento de água e geração de energia elétrica a partir da biomassa. Além disso, a ADM tem trabalhado com agências governamentais e instituições de ensino do Paraguai, como a Faculdade de Engenharia da Universidad Nacional de Asunción e do Sistema Nacional de Formación y Capacitación Laboral, ajudando a criar e operar um programa inovador de três meses que permite a capacitação de homens e mulheres locais para ocupar os postos de trabalho na planta.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.