Adubo orgânico também gera renda a produtor

Agronegócio

Adubo orgânico também gera renda a produtor

No começo, a produção era modesta e hoje, a venda mensal gira em torno de 20 toneladas
Por:
46 acessos

Não é apenas a produção de hortaliças e legumes orgânicos que tem mercado garantido em Mato Grosso do Sul. A produção de húmus e adubo orgânico também tem melhorado a renda de pequenos produtores em Campo Grande. Com a venda de hortaliças orgânicas já consolidada, o pequeno produtor Elvídio Oliveira resolveu diversificar. Há algum tempo, começou a produzir humus e adubo orgânico da marca Restinga. No começo, a produção era modesta e hoje, a venda mensal gira em torno de 20 toneladas. Com uma área de dois mil metros quadrados destinada ao minhocário, para produção de húmus e outras para a terra adubada, Elvídio não quer parar por aí.

Os planos do produtor para janeiro de 2008 são de construir mais galpões para produção de húmus e adubo, para suprir a demanda do produto. A área de pouco mais de seis mil metros quadrados, localizada na Coophavila II, abriga também a produção das hortaliças.

Credigente

Para ampliar a área de vendas e não mais depender de contratação caminhões para entregar o adubo, ele recorreu mais uma vez ao Credigente. Tomou emprestado R$ 2.500 para pagar em 18 vezes, com juros de 1,5% ao mês e investiu em "um carrinho", segundo ele, para fazer as entregas. "Em julho do ano que vem eu pago a última parcela", conta. "Aí vou construir mais minhocário", destaca.

A venda e distribuição do adubo Restinga, hoje, já ultrapassou os limites do município e hoje é comercializado em Dourados e Camapuã. O produto pode ser encontrado nas floriculturas de Campo Grande, em embalagens de 2,5kg. Quem precisa de maior quantidade, pode comprar em sacos de 30kg.

O produtor também está construindo um poço para recolher a água da chuva, com capacidade de armazenamento de dez mil litros. "Eu não tenho problema com falta d’água, mas é preciso economizar, além de reduzir meus custos. Vou construir outro poço para armazenar 20 mil litros", explica.

Novidades

A partir de janeiro o produtor vai retomar a produção de hortaliças. E conta mais novidades: vai criar frango caipira, que será vendido embalado e resfriado. A produção de flores também está nos projetos do próximo ano. A preferência é por rosas. Hoje, Elvídio conta com o auxílio de um funcionário na produção de adubo. "Eu contrato mais quatro quando preciso buscar material para adubar a terra", explica.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink