Africanos vêm ao Brasil conhecer modelo de cultivo de algodão

Agronegócio

Africanos vêm ao Brasil conhecer modelo de cultivo de algodão

O Brasil é o quinto maior produtor mundial de algodão e o quarto maior exportador
Por:
790 acessos

Representantes dos produtores de algodão da África estão no Brasil para conhecer o modelo de produção do país. Eles querem levar para o seu continente um pouco do conhecimento tecnológico desenvolvido pelos brasileiros na última década, que fez a produtividade saltar, no período, de 750 quilos por hectare para 1.446 quilos por hectare.

O Brasil é o quinto maior produtor mundial de algodão e o quarto maior exportador. Os países africanos são, juntos, o quarto maior produtor. O presidente da Associação dos Produtores de Algodão Africanos (Aproca), François Traore, se reuniu hoje com o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Haroldo Cunha, e com um pequeno produtor do município de Catuti, no norte de Minas Gerais, região que vem se destacando na produção feita por agricultores familiares.

“É a sinergia de grande e pequeno que agrega valor”, disse Traore. Ele se impressionou com o salto na produção dos pequenos agricultores de Catuti depois que se organizaram, passando, também, a dispensar o atravessador para vender diretamente à indústria, recebendo mais pelo algodão. “A gestão dos produtores é a chave do sucesso”, disse ele.

Os africanos ficarão no país por uma semana e ainda conhecerão o plantio intensivo de algodão do oeste baiano. “É muito importante mostrarmos para eles que isso que foi feito na agricultura empresarial, pode ser feito na agricultura deles, que é a familiar, porque temos o exemplo de Catuti”, afirmou o presidente da Abrapa. Ele disse que, a partir dessa visita, pode ser criado um sistema de intercâmbio entre brasileiros e africanos para o desenvolvimento do plantio de algodão entre pequenos produtores.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink