AGE discute reforma do Estatuto Social e ampliação do sistema de produção CD
CI
Agronegócio

AGE discute reforma do Estatuto Social e ampliação do sistema de produção CD

O início das obras da UBS e de outras melhorias estruturais está previsto para os primeiros meses de 2012
Por:
Na última semana, diretores, gerentes e lideranças das 33 cooperativas que fazem parte da Coodetec, estiveram em Cascavel para participar da VI Assembleia Geral Extraordinária (AGE). Na oportunidade, foi deliberado sobre dois assuntos: a reforma do Estatuto Social da Cooperativa e os investimentos para a produção de sementes.
 
O primeiro assunto já havia sido debatido nas pré-assembleias, realizadas durante o mês de novembro. Restava apenas a aprovação final da AGE. Para a produção de sementes, foi apresentado um projeto que prevê a construção de uma Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS) para recepção e classificação de sementes de milho em Paracatu - MG. “A Coodetec continua crescendo e as vendas de híbridos também aumentaram significativamente, motivo pelo qual precisamos de uma estrutura maior para atender a demanda crescente da área comercial”, explicou o presidente da Coodetec, Irineo da Costa Rodrigues.
 
O início das obras da UBS e de outras melhorias estruturais está previsto para os primeiros meses de 2012. Para o diretor executivo da Coodetec, Ivo Carraro, “esta obra vai dar condições ideais para sustentar um crescimento nas vendas de sementes de milho e mudar o patamar de participação da Coodetec neste mercado, tanto em quantidade, quanto no nível tecnológico de seus produtos.”
 
Na ocasião, Guntolf Van Kaick, assessor da diretoria da Ocepar, elogiou a atuação da Coodetec. “Nós estamos no melhor momento do cooperativismo. Temos um reconhecimento, que nunca tivemos antes, dentro e fora do Paraná. A Coodetec também está em um dos seus melhores momentos e é um exemplo de cooperativismo. É modelo.”
 
Novo Restaurante Coodetec
 
Os funcionários e visitantes ganharam novo espaço para almoçar. A inauguração do restaurante ocorreu logo após a assembleia. Antes, as 257 refeições diárias eram servidas em um espaço de 337 metros quadrados. Havia a necessidade de três turnos para atender a demanda. Hoje, são 901 metros quadrados, com dois turnos. O local, amplo e climatizado, conta com uma cozinha moderna. “Esta é uma realização que pertence a todos nós”, destacou Carraro.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.