Agenda positiva para o manejo florestal na Amazônia é tema de live
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,170 (1,12%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)

Imagem: Marcel Oliveira

LIVE

Agenda positiva para o manejo florestal na Amazônia é tema de live

Manejar é manter a floresta em pé
Por:
151 acessos

Manejar é manter a floresta em pé! E é com esse pensamento que atores do segmento florestal da Amazônia se reúnem na próxima segunda-feira (21), às 17h, no canal da Embrapa no youtube, para discutir uma agenda positiva para o manejo florestal sustentável na região. 

O objetivo é dialogar debater conjuntamentre os gargalos e os avavços do setor para potencializar a produção madeireira, com garantia desenvolvimento, fonte de renda à região e preservação ambiental. 

Os participantes da live são: Milton Kanashiro, pesquisador da Embrapa Amazônia Oriental (moderador); Ana Carolina Vieira, Instituto Beraca/IFT; Daniel Francez, Ideflor-Bio; Beto Mesquita, BVRIO; e Rodrigo Pereira, IFPA - Campus Ananindeua. 

O pesquisador Milton Kanashiro relata que o debate para uma agenda positiva foi iniciado em 2019 em um evento presencial na sede da Embrapa, em Belém (PA), e permanece na pauta da pesquisa, do mercado, do poder público e de toda a sociedade. O estado do Pará, juntamente com Rondônia, abriga a maior parte das áreas de florestas públicas nativas elegíveis ou já em processo de concessão para Manejo Florestal de todo país. São cerca de um milhão e meio de hectares divididos em seis florestas nacionais (flonas), e em áreas estaduais, que, segundo a legislação, devem ser manejadas de forma sustentável para garantir ao mesmo tempo, produção florestal e a floresta em pé. 

"A região amazônica tem enorme potencial para a produção madeireira e por meio da organização e sinergia da cadeia podemos não só propor e implementar ações positivas, mas tirar o melhor proveito econômico, social e ambiental dessa atividade”, finaliza o pesquisador. A live será transmitida no canal da Embrapa no youtube (www.youtube.br/embrapa), às 17h.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink