Citrus

Agentes visitaram 25% do parque citrícola nos últimos 45 dias para atualização do inventário de árvores

Nos últimos 45 dias, cerca de 25% da área do cinturão citrícola de São Paulo e Minas Gerais
Por:
34 acessos

Nos últimos 45 dias, cerca de 25% da área do cinturão citrícola de São Paulo e Minas Gerais foi visitada pelos agentes de pesquisa para acompanhar a evolução dos pomares desde 2014, quando esse trabalho foi feito pela primeira vez.

As demais áreas receberão a visita dos técnicos até janeiro/2018. Essa atividade está inserida na Pesquisa de Estimativa de Safra (PES), do Fundecitrus, que há três anos apresenta os dados sobre a produção de laranja do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste de Minas Gerais.

Saber com precisão e transparência as informações sobre o volume de produção, perfil, retração e expansão da área citrícola é uma informação que interessa a todos e precisa da colaboração de cada citricultor. “Quando receber a visita do técnico da PES, compartilhe com ele informações de sua propriedade. O apoio de todos é fundamental para mostrar a grandiosidade da nossa citricultura, e, assim, ter força para mobilizar os agentes do setor no desenvolvimento de políticas públicas que visam o enfrentamento dos desafios”, diz o coordenador do trabalho, Vinicius Trombin.

Abaixo alguns números realizados entre 08 de setembro e 23 de outubro de 2017:

Quilômetros percorridos – 135.000 km

Hectares visitados – 119.777 hectares

Propriedades de citros mapeadas – 2.500

Municípios finalizados – 60

Municípios em análise– 49

Municípios em andamento – 58

Terminada essa fase, em fevereiro e março de 2018, os agentes farão a contagem integral de todas as plantas existentes no talhão e a categorização das mesmas em quatro grupos de idade. Essa contagem será feita em uma amostra de 5% dos talhões de laranja e dará embasamento para gerar o inventário de árvores da próxima safra. Na sequência, em abril de 2018, será feita a derriça de cerca de 2.500 árvores para a estimativa da safra de laranja 2018/2019.

“Todos os envolvidos nesse projeto estão sujeitos à obrigação de confidencialidade quanto às informações coletadas. Os computadores são protegidos para não ocorrer extração de dados e conexão com internet”, reforça Trombin.

As informações individuais são mantidas sob sigilo e as informações compiladas do cinturão citrícola serão divulgadas no início de maio de 2018, em um evento aberto ao público no Fundecitrus e transmitido ao vivo pela internet, assim como foi feito nos anos anteriores. 

Qualquer esclarecimento adicional, estamos à disposição. Fale com um de nossos agentes ou entre em contato pelo 0800 112 155.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink