Agricultor preserva mais o solo

Agronegócio

Agricultor preserva mais o solo

Com a adoção do Plantio Direto os prejuízos foram reduzidos em 96%
Por:
1 acessos

Hoje, no Dia Nacional da Conservação do Solo, o agricultor está produzindo mais e com menor impacto de recursos naturais do que há 30 anos. A informação é do diretor técnico da Cooperativa dos Agricultores de Plantio Direto (Cooplantio), Dirceu Gassen, que citou a adoção de tecnologias como o Plantio Direto (PD) como um dos motivos para a redução das perdas no solo, por erosão nas últimas décadas. "Nos anos 70 a perda era de 20 toneladas de terra por hectare/ano com a agricultura convencional. Com a adoção do Plantio Direto os prejuízos foram reduzidos em 96% ".Entre os resultados da tecnologia que contribui para a preservação do solo, e que começou a evoluir nos anos 80, predominando na década seguinte, o diretor da Cooplantio enumerou a melhor manutenção da água, redução em 67% do uso de combustível, cuidados biológicos que contribuem para o aumento da palha e maior fixação do carbono, originando as matérias orgânicas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink