Agricultor terá mais prazo para quitar financiamento

Agronegócio

Agricultor terá mais prazo para quitar financiamento

Por:
0 acessos

O prazo para renegociação de dívidas dos agricultores afetados pela estiagem foi ampliado. Um voto aprovado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) estendeu em um mês, do dia 31 de maio para 30 de junho, a data limite para a repactuação dos débitos com as instituições financeiras. De acordo com o Ministério da Fazenda, a prorrogação atenderá 32 mil agricultores cujas dívidas somam R$ 10 milhões.

De acordo com as regras estabelecidas anteriormente, poderão se beneficiar da renegociação com desconto de R$ 650 nos débitos os produtores rurais que conseguirem comprovarem 50% de perdas.

Segundo informou o assessor especial do Ministério da Fazenda, Gilson Bittencourt, a ampliação do prazo deveu-se às dificuldades dos escritórios estaduais de assistência técnica e extensão rural em elaborar os laudos certificadores das perdas.

A apresentação do laudo é pré-condição à renegociação. O segundo voto prorrogou de 31 de maio para 30 de julho o prazo para que o Banco do Nordeste, Banco da Amazônia e Banco do Brasil formalizem dívidas de agricultores inscritos no Pronaf.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink