Agricultora do Paraná é coroada ‘Rainha da Soja’

Agronegócio

Agricultora do Paraná é coroada ‘Rainha da Soja’

Com um rendimento de 92 sacas por hectares, Cecília abocanhou o bicampeonato do prêmio
Por:
2561 acessos

A produtora de soja Cecília Barros de Melo Falavigna, da cidade de Floraí, Noroeste do Paraná, venceu pelo segundo ano consecutivo a categoria soja do concurso Plataforma de Produtividade Integrada (PIN) 2015/16 - divisão “Parceiros do Agronegócio”. Com um rendimento de 92 sacas por hectares, Cecília abocanhou o bicampeonato do prêmio. Em 2014/15 (ciclo anterior), Cecília obteve a primeira colocação com a marca de 92,9 sacas por hectare - a média nacional é de 48,9 sacas por hectare, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Cecília começou na agricultura depois de ficar viúva, há 13 anos. Desde então, largou o ofício de professora e começou a mexer com a terra. Sem saber por onde começar a manter o negócio funcionando, no começo diz ter aprendido na prática. Mas a produção dela atingiu outro patamar quando passou a usar além da assistência da cooperativa na região dela, a orientação fornecida em concursos de produtividade dos quais participa anualmente. “Com o uso de tecnologia avançada você tem um custo mais alto, mas você tem resultado”, diz. A produtora destinou uma área de oito hectares ao concurso da Syngenta, de um total de 726 hectares nos quais mantém o grão.

O prêmio PIN é promovido há dois anos pela Syngenta, uma das maiores empresas do mundo no ramo de sementes e defensivos agrícolas. O projeto começa anualmente com a seleção de agricultores em eventos realizados em todo o Brasil antes das safras. Os produtores em geral destinam parte de suas lavouras ao PIN, e contam com a assistência técnica da multinacional. O concurso trabalha somente com os insumos da marca Syngenta, bancados pelos produtores.

Neste ano, 2,7 mil produtores participaram do programa, que tem quatro categorias: soja, milho, trigo e silagem (confira abaixo a lista de premiados no último sábado, dia 2 de julho). Dos 2,7 mil produtores, todos vinculados a cooperativas e outros parceiros de agronegócio, cerca de 140 casais, com os melhores desempenhos de produtividade, foram levados a um hotel durante três dias para um intercâmbio entre eles, palestras sobre os desafios da agricultura e para a grande noite de premiação. No ano que vem, a Syngenta levará os vencedores do PIN a um resort na Bahia.

Conheça os campeões

Soja

Cecília Barros de Melo Falavigna, do Paraná, com 92 sacas por hectare (média nacional do IBGE: 48,9 sacas por hectare).

Trigo

Dirceu Roberto Dallacua, do Rio Grande do Sul, com 95,2 sacas por hectare (média nacional do IBGE: 37 sacas por hectare).

Milho silagem

Marcelo Piva, do Paraná, com 45.436 litros de leite por hectare (média do IBGE: não disponível por hectare, apenas por animal - 7,6 litros diários de leite por vaca). 

Milho verão

Paulo Biesdorf, de Santa Catarina, com 224,7 sacas por hectare (média nacional do IBGE: 81,4 sacas por hectare).

* O jornalista viajou a convite da empresa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink