Agricultoras da Arapiraca/AL estão entre as finalistas em Seleção
CI
Agronegócio

Agricultoras da Arapiraca/AL estão entre as finalistas em Seleção

Seleção Anual de Projetos da BrazilFoundation
Por:

Orientadas pelos extensionistas do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (EMATER/AL), o grupo de mulheres da comunidade Taboquinha, município de Arapiraca, estão entre as finalistas da Seleção Anual de Projetos da BrazilFoundation. Em Janeiro deste ano as agricultoras da Associação de Mulheres Produtoras de Broas e Outros Produtos Alimentícios da Agricultura Familiar (ASPROBROAS) inscreveram o projeto ‘Melhoria da Renda Familiar através da Criação de Galinha Caipira’.

Na última semana, o grupo de mulheres recebeu a visita técnica da consultora da BrazilFoundation, Raquel Diniz Ezequiel, concluindo assim a segunda etapa do processo seletivo. Após o término do período de vistas serão divulgadas as organizações selecionadas para receber apoio financeiro no desenvolvimento do projeto apresentado. A Asprobroas foi criada em 21 de Janeiro de 2010.

De acordo com Valdenice dos Santos, extensionista da EMATER/AL que acompanha o grupo de mulheres desde da criação da Associação, tudo começou com a realização do Diagnóstico Rural Participativo – DRP, onde foi identificado com a comunidade a necessidade de formação de uma associação específica de produção, ocupação, trabalho e renda.

“A equipe técnica da EMATER concentra esforços especiais trabalhando o associativismo, por meio de metodologias participativas e de ações voltadas para os grupos produtivos. A Asprobroas é uma dos grupos que ao longo de sete anos ininterruptos na prestação de assistência técnica e extensão rural se destacou”, avaliou a extensionista.

O grupo produtivo vive integralmente da agricultura familiar e da produção de processados como broas, bolos e doces, comercializados de forma pontual, concentrados em alguns meses do ano, através das compras governamentais. A Asprobroas é beneficiada pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Município de Arapiraca.

Em razão disso é necessário à diversificação de atividades que venham gerar ocupação e renda às famílias. “O projeto de Criação de Galinha Caipira, por ser uma atividade de curto prazo (noventa dias), espera-se, em pouco tempo, uma melhoria na renda das famílias envolvidas no projeto, e em longo prazo, a ampliação da atividade” ressaltou a extensionista Valdenice dos Santos.

Fonte: Ascom/Emater

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink