Agricultores argentinos relatam vandalismo rural

Imagem: Marcel Oliveira

MUNDO

Agricultores argentinos relatam vandalismo rural

Em Santiago del Estero, os proprietários denunciaram a queima intencional de 800 hectares de milho
Por: -Leonardo Gottems
1072 acessos

Agricultores argentinos estão denunciando uma série de ataques de vandalismo rural contra as suas lavouras e silos bag, segundo o portal local Agrofy News. O último ataque relatado foi no domingo, quando os grãos foram pulverizados com curadores de sementes, para que a comercialização seja inviabilizada. 

Recentemente, em Santiago del Estero, os proprietários denunciaram a queima intencional de 800 hectares de milho pronto para a colheita, além de soja armazenada em silos bag. Para os produtores, estes ataques estão ligados a fontes ideológicas e foram motivados pelas ações do governo de estatização de exportadoras privadas, como a Vicentin.  

“As mesmas pessoas que falam de soberania alimentar e cuidam do meio ambiente são os únicos responsáveis por essa loucura", disse o deputado da província de Buenos Aires, Luciano Bugallo. "Os atos de violência e danos à propriedade privada, que são repetidos diariamente no interior, claramente não são eventos isolados e andam de mãos dadas com as decisões políticas do governo", acrescentou. 

Na última semana, o La Nación alertou para incêndios criminosos em Chaco. "Primeiro, o restolho de milho começou a ser queimado em um campo vizinho. O fogo passou muito rapidamente para Alfredo Moccicafreddo e fomos avisados. Corremos porque tínhamos as colheitadeiras por perto e fomos imediatamente removê-las. Havia outros vizinhos tentando salvar a soja porque alguns a tinham em silos bag na lavoura ", disse ao LN Leandro Rodríguez, que trabalha com a família Moccicafreddo em um campo afetado pelos incêndios. 

No entanto, apesar das acusações, ninguém ainda foi responsabilizado oficialmente pelos ataques, visto que as investigações estão em andamento.  


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink