Agricultores de AL recebem incentivo para desenvolvimento da avicultura
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,112 (0,05%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)


Agronegócio

Agricultores de AL recebem incentivo para desenvolvimento da avicultura

Cem famílias de Santana do Ipanema, no sertão de Alagoas, devem receber nos próximos dias uma doação de 6.500 pintinhos
Por:
964 acessos

Cem famílias do município de Santana do Ipanema, no sertão de Alagoas, devem receber nos próximos dias uma doação de 6.500 pintinhos, resultado do Programa de Avicultura Familiar de Alagoas. As aves estão num aviário da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), recebendo as vacinas e os primeiros cuidados, antes de serem encaminhadas as famílias beneficiadas.

O Programa de Avicultura Familiar de Alagoas foi lançado em 2009 e, por meio da produção de aves e ovos de galinha, tem o intuito de oferecer uma nova oportunidade de renda para os produtores do Estado. Cada família receberá 65 pintinhos, possibilitando o abate e a comercialização das aves e ovos, em feiras e supermercados da região.

De acordo com Fátima Santos, gerente da Carteira de Agronegócios do Sebrae/AL, a parceria da Prefeitura de Santana do Ipanema e da Uneal, tem sido essencial para todo o processo de implantação do programa. “Esta é uma proposta de desenvolver o empreendedorismo rural, alavancar a agricultura familiar e gerar renda, além de permitir uma diversificação dos produtos da agricultura familiar. A união dos parceiros é de suma importância para que o programa esteja sempre forte e a atividade venha gerar uma nova oportunidade para os pequenos negócios do setor”, disse Fátima Santos.

Segundo Fátima, a Uneal ficará responsável pelo monitoramento, o acesso a tecnologias e discussão sobre a viabilidade da atividade. Já o Sebrae/AL disponibilizará orientação empresarial para que estes agricultores possam aprender a gerir seus pequenos negócios rurais, entre outras ações, desenvolvidas pelos demais parceiros.

A proposta é oferecer apoio desde a criação até a comercialização dos produtos. Parte da carne da galinha caipira e ovos serão encaminhados para merenda escolar e outra parte pode ser comercializada por programas como o Programa de Aquisição de Alimentos.

O Programa de Avicultura Familiar é fruto da parceria entre Governo do Estado, Sebrae/AL, Universidade Estadual de Alagoas, Globoaves, Federação das Indústrias de Alagoas (Fiea), Instituto de Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Alagoas (Ictal) e demais parceiros.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink