Agricultores de SC buscam opções ao fumo
CI
Agronegócio

Agricultores de SC buscam opções ao fumo

A falta de incentivos e as dificuldades de negociação de preço despertam o interesse dos fumicultores para o girassol, laticínios e agroindústria
Por:

As mais de mil famílias fumicultoras do município de Içara já investem em outras alternativas de renda. A falta de incentivos e as dificuldades de negociação de preço despertam o interesse dos fumicultores para o girassol, laticínios e agroindústria.

Em razão do excesso de chuva, a safra 2006/2007 será 20% menor que a produção passada. De acordo com o secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Içara, João Batista Rodrigues, a chuva dos meses de outubro e novembro diluiu os defensivos e prejudicou a coloração da planta, que está com as folhas escuras, o que desvaloriza o produto. A fumicultura representa 90% da economia do município. Entre os produtores está Salete Zakeseski, que este ano colheu cinco toneladas em três hectares.

"Vivemos do fumo há sete anos, quando fiquei viúva. A iniciativa de apostar no fumo foi dos meus filhos, que avaliam ser mais rentável, mas não tenho tanta confiança assim na fumicultura. Ainda mantenho o milharal e a plantação de feijão, que serviram para nos manter até agora".

De acordo com a agricultora, o lucro com o fumo servirá para construir uma casa para o filho, que está noivo, e quitar uma dívida com parentes. Apesar dos planos, Salete mostra o paiol cheio de folhas, mas boa parte com a qualidade 50% comprometida.

Qualidade baixa do produto preocupa:

A família de Jucelino Dagostin reclama da qualidade do produto e da desvalorização. Apesar da colheita de quatro toneladas a mais, só não desiste da atividade porque considera não haver outra que gere renda semelhante. Mas nem por isso deixa de pesquisar outras alternativas.

"O fumo tem a vida muito curta e não tem amparo de uma campanha positiva. Na próxima safra já começo a testar o girassol e vou procurar reforço com vacas de leite", revela Dagostin ao lado da mulher, Osvalda, enquanto prepara os ramos de fumo na estufa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink