Agricultura consolida imagem do Brasil no cenário mundial
CI
Agronegócio

Agricultura consolida imagem do Brasil no cenário mundial

A produção agrícola é resultado da tecnologia empregada e, principalmente, do uso de práticas sustentáveis
Por:
A produção agrícola é resultado da tecnologia empregada e, principalmente, do uso de práticas sustentáveis

O secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Caio Rocha, participou do anúncio do levantamento da safra de grãos, cana-de-açúcar e laranja, nesta quinta-feira, 8 de dezembro, em Brasília. Durante a apresentação do estudo realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Caio Rocha avaliou o desempenho da produção agrícola no país.


“O Brasil está se consolidando como grande produtor mundial de alimentos não só na produção, mas na qualidade, tecnologia empregada e, principalmente, na questão de sustentabilidade e uso da agricultura de baixo carbono. O programa ABC é exemplo mundial”, disse. “Os números da agricultura brasileira são altamente satisfatórios e o Brasil não é mais o futuro na questão mundial agrícola, já é presente e representativo em termos mundiais. Nosso país tem ocupado espaço em função da interlocução da presidente Dilma Rousseff na abertura de mercados internacionais”, ressaltou Rocha.

Cana-de-açúcar

Quanto à produção de cana-de-açúcar para 2012, o secretário de Cana-de-açúcar e Agroenergia, Manoel Bertone, disse que as perspectivas são razoáveis e a melhora de cenário efetivamente virá em 2013. O Brasil pretende alcançar em torno de 750 milhões de toneladas de cana, sem precisar implementar novas unidades industriais, com mais investimentos.


Com relação aos financiamentos do plantio por parte das usinas, “as negociações com o Ministério da Fazenda estão avançadas com estudo de taxas de juros mais adequadas para financiar esta atividade”, enfatizou. Para Bertone, a cana plantada pelas usinas também é um produto agrícola. “Neste ponto de vista, as negociações com a área econômica do governo ainda são embrionárias”, afirmou. Ele acredita que a produção de cana das usinas já deveria estar sendo financiada com os recursos do crédito rural.

Grãos

Os números da safra de grãos ainda não estão consolidados e a projeção apresentada hoje leva em consideração a produtividade média das últimas três safras, disse o diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, Sílvio Porto.

“Estamos considerando um crescimento de 1% na área geral, considerando, principalmente, as lavouras de milho e soja, e uma queda de área no plantio de arroz (12,4%) e feijão (18,2). “Não haverá problemas de abastecimento interno, pois o governo poderá utilizar o arroz dos estoques públicos e a oferta de feijão poderá ser compensada pelas outras duas safras do grão”, concluiu.


Laranja

A Conab também apresentou os números da safra da laranja 2011/2012 em São Paulo. A estatal inovou ao apresentar os números da primeira estimativa para o Triângulo Mineiro, em Minas Gerais. O diretor da Conab explicou que essa era uma promessa da companhia que pretendia ampliar o levantamento para outras regiões produtoras da laranja.

Matérias relacionadas

Produção de grãos cai 2,4% em relação à última safra

Safra reduz 8,4% e chega a 571,4 milhões de toneladas

Produção de laranja cresce em São Paulo segundo Conab

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.