Agricultura divulga zoneamento agrícola do feijão no Paraná

Agronegócio

Agricultura divulga zoneamento agrícola do feijão no Paraná

O cultivo do feijão é realizado no Estado em três safras
Por: -Janice
5989 acessos
O Ministério da Agricultura editou a Portaria 106, no Diário Oficial da União de 14 de abril, divulgando o Zoneamento Agrícola para a cultura de feijão 1ª safra no Estado do Paraná, ano-safra 2011/2012. Conforme a nota técnica emitida pelo Coordenador do Zoneamento Agrícola, Gustavo Bracale, o cultivo do feijão é realizado no Estado em três safras, sendo a primeira denominada "safra das águas", a segunda "safra da seca" e a terceira "safra de outono/inverno".

A primeira safra brasileira, normalmente cultivada no segundo semestre do ano, é responsável por quase 50% da produção total do país. Na safra 2010/2011, foram cultivados no Paraná 342,3 mil hectares de feijão (1ª safra) com uma produção de 535,7 mil toneladas, conforme dados do levantamento da CONAB de abril de 2011.

A cultura não tolera geada em nenhuma fase de seu ciclo de desenvolvimento. É sensível ao calor excessivo em qualquer estádio de desenvolvimento, sendo que os maiores prejuízos ocorrem no estádio de desenvolvimento reprodutivo, quando temperaturas variando entre 30ºC e 40ºC podem ocasionar abortamento de flores e dos botões florais.

Objetivou-se, com o zoneamento agrícola, identificar os municípios aptos e os períodos de semeadura, com menor risco climático, para o cultivo do feijão 1ª safra no Estado do Paraná. Para essa identificação, foi realizado o balanço hídrico da cultura, para períodos decendiais de semeadura e determinados os valores do Índice de Satisfação das Necessidades de Água (ISNA).
As informações são da assessoria de imprensa da Federação da Agricultura do Estado do Paraná-FAEP.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink