Agricultura familiar teve R$ 300 milhões em 2011 para PGPM

Agronegócio

Agricultura familiar teve R$ 300 milhões em 2011 para PGPM

Desde o dia 1º de julho os agricultores familiares brasileiros já tinham disponíveis R$ 16 bilhões em créditos para financiar novos contratos
Por:
1134 acessos
No lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2011/2012, em julho, o Governo Federal disponibilizou R$ 300 milhões para a Política de Garantia de Preços Mínimos para a Agricultura Familiar (PGPM-AF), recursos que garantem a compra de produtos da agricultura familiar a preços justos. O Plano Safra deste ano avançou na organização econômica da agricultura familiar, no apoio à comercialização, e trouxe condições mais atrativas no crédito e na industrialização, com a redução da taxas de juros.


Desde o dia 1º de julho os agricultores familiares brasileiros já tinham disponíveis R$ 16 bilhões em créditos para financiar novos contratos.

Na safra 2011-2012, iniciada em julho de 2011, os agricultores familiares do semiárido brasileiro têm à disposição 940 mil cotas para participação no Garantia-Safra, o que representa 191.093 mil cotas a mais do que na safra anterior. O valor do benefício subiu para R$ 680,00.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink