Agro Norte prepara dia de campo
CI
Agronegócio

Agro Norte prepara dia de campo

Objetivo é demonstrar aos agricultores qual método mais apropriado para o cultivo da soja que gera resultados positivos no período conhecido como “safrinha”
Por:
Com objetivo de demonstrar aos agricultores do Estado qual método mais apropriado para o cultivo da soja que gera resultados positivos no período conhecido como “safrinha”, a Agro Norte Pesquisa e Sementes promove no dia 14 de janeiro o “Encontro Tecnológico de Soja na Segunda Safra”, em Sinop (500 Km de Cuiabá). O engenheiro agrônomo da Agro Norte, Mairson Santana, explica que toda a equipe da empresa, formada por 10 agrônomos, estará presente no Dia de Campo, onde serão discutidos com agricultores e técnicos da região, que já plantam soja na segunda safra, os trabalhos com os métodos utilizados no plantio e quais geram os melhores resultados.


Na ocasião, os agricultores poderão conferir na lavoura seis variedades, entre elas a ANsc 84107, ANsc 89109, ANsc 94104 e ANsb Integração, todas foram plantadas em 16 de outubro. O engenheiro diz que são variedades adaptadas para a segunda safra, mas que também servem para o plantio na safra convencional. A ideia é que todos os participantes tenham uma visão, no campo, daquilo que tem dado certo, que tirem suas dúvidas com relação à adubação e vejam qual melhor forma de colocar o adubo no solo.

Os agricultores também poderão esclarecer dúvidas relacionadas ao controle de pragas, doenças e ervas  daninhas, considerando que o cultivo nesta época do ano ainda temeroso para alguns produtores. O que, segundo com Mairson tem que ser desmistificado, pois se a soja for plantada de forma e da variedade correta, bem como com um acompanhamento adequado, tem o mesmo resultados da oleaginosa cultivada no período convencional.


O engenheiro diz ainda que atualmente as sementes de soja da Agro Norte estão em teste em cerca de 120 unidades distribuídas por todo o país. “A soja convencional é uma opção para o agricultor aumentar a rentabilidade da lavoura, mas não estamos falando somente do grão convencional, estamos falando de soja rústica, que pode ser plantada de outubro a fevereiro, de alta produtividade e de duas safras nobres, que estão em teste em mais de 120 locais pelo Brasil”, destacou o engenheiro agrônomo da Agro Norte.

O Encontro Tecnológico começa no dia 14 de janeiro a partir das 08h e será realizado na Área Demonstrativa de Cultivares de Soja localizada na BR 163, saída para Alta Floresta, próximo ao Camping Clube, em Sinop.

As projeções para a cultura da soja no Estado do Mato Grosso para a safra 2011/2012 são de aumento de área.  De acordo com o último levantamento realizado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea),  a área plantada no estado está próxima de 7 milhões de hectares - um aumento de 3% em relação ao  levantamento realizado pelo Instituto em outubro, que era de 6,78 milhões de hectares. Esse aumento do plantio  deve-se às regiões que possuíam área de pastagem em desuso ou com baixa competitividade, em especial no  nordeste de Mato Grosso, e que estão sendo convertidas para a agricultura. Segundo dados do Imea, o  incremento na região foi de 30,7% com relação à safra passada, saindo de 694.200 hectares em 2010/11 para 907.200 neste ciclo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.