AgroBrasília quer mostrar potencial da agricultura do DF

Imagem: Marcel Oliveira

FEIRA

AgroBrasília quer mostrar potencial da agricultura do DF

Feira vai acontecer em plataforma virtual, de 6 a 10 de julho
Por: -Eliza Maliszewski
248 acessos

Máquinas, implementos agrícolas, insumos, veículos, pesquisas, biotecnologia, genética animal e vegetal, agricultura familiar, irrigação, novas cultivares. Tudo isso era a marca da AgroBrasília que agora estará presente de forma digital, em uma plataforma gratuita, onde a feira acontece de 6 a 10 de julho.

A feira teve de se adaptar devido à impossibilidade de acontecer presencialmente. O espaço deve proporcionar negócios e o aperfeiçoamento da atividade agropecuária na região, focada em diversidade do Planalto Central e com produtividade acima da média nacional “O evento focou sempre em atender produtores de todos os portes e das mais variadas culturas e isso, com certeza, é o que queremos fazer nessa edição virtual”, comenta o presidente da Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), que promove a AgroBrasília, José Guilherme Brenner.

Perfil da agricultura do DF

O Planalto Central é destaque em soja, feijão irrigado, milho irrigado, trigo irrigado, algodão. Além disso, no Distrito Federal e nos estados vizinhos existem culturas de grãos, verduras, frutas, flores, rebanhos suínos, de aves, ovinos, caprinos. Em sementes de soja a exportação local chega a 39 mil toneladas, movimentando em torno de R$ 20 milhões por ano-safra.

A irrigação é outro fator determinante do forte desenvolvimento da agricultura local – uma área irrigada pode produzir até 4 vezes mais e ter uma produtividade 3 vezes maior. No Planalto Central, que oficialmente abriga um polo de irrigação, existem cerca de 250 mil hectares irrigados, cultivados com inúmeras culturas.

Na região estão localizados, por exemplo, os municípios de Unaí e Cristalina, as duas cidades com maior área irrigada da América Latina. No Distrito Federal, o destaque vai para o trigo irrigado, com um dos melhores índices de produtividade do Brasil.

Para o presidente da Feira, Ronaldo Triacca, a AgroBrasília representou uma quebra de paradigma dos grandes eventos do setor ao atrair pequenos e médios produtores, que não frequentavam as feiras mais tradicionais. “O acesso desses segmentos resultou em ganhos tecnológicos, de conhecimento, e sociais, que podem ser aferidos na maior produtividade das propriedades de toda a região do Planalto Central, maior renda para o produtor, incremento na gestão das empresas rurais, maior empreendedorismo. Os grandes produtores também tiveram o acesso facilitado a esses recursos”, avalia.

A AgroBrasília é uma das mais importantes do país. Em 2019, 121 mil pessoas visitaram a feira, que reuniu 480 expositores. No total, o montante de compras fechadas alcançou R$ 1,2 bilhão. Tradicionalmente acontece em maio, no ParqueTecnológico
Ivaldo Cenci, no DF.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink