Agrodefesa vai fiscalizar produção pesqueira

Agronegócio

Agrodefesa vai fiscalizar produção pesqueira

Presidente da entidade ressalta a necessidade de fiscalizar e primar pela qualidade e sanidade do pescado que chega ao consumidor
Por:
881 acessos
O presidente da Agrodefesa, Antenor Nogueira, disse que vai trabalhar para auxiliar os produtores de pescado a conduzirem seus negócios de forma adequada, e ressalta a necessidade de fiscalizar e primar pela qualidade e sanidade do pescado que chega à mesa do consumidor goiano.


Antenor Nogueira afirmou na terça-feira (26), em reunião na sede da Seagro, que é urgente a necessidade de se firmar um convênio entre a Agrodefesa e o Ministério da Pesca, para que o órgão estadual possa fiscalizar a aplicação da lei e regulamentar a atividade no Estado. Ele afirma que em Goiás não há nenhum tipo de fiscalização sobre pescados quando a Agrodefesa tem amplas condições de executar esse trabalho.


Segundo informações da Seagro, Goiás é hoje um dos Estados com maior potencial para a produção pesqueira no País, porém a produção ainda é considerada baixa com 15 mil toneladas anuais. De acordo com o superintendente Federal de Pesca e Aquicultura em Goiás, Domício Vieira da Silva, as principais dificuldades enfrentadas pela atividade hoje se encontram na legislação, na comercialização, no transporte precário e na falta de frigoríficos para receber a produção.


Na reunião também estiveram presentes produtores, pescadores, técnicos, consultores, além de representantes das associações de produtores e de distribuidores de pescado.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink