Agroecologia de Dourados cresce e ganha incentivos

Agronegócio

Agroecologia de Dourados cresce e ganha incentivos

Agroecologia vem conquistando espaço e apoio do poder público
Por:
2024 acessos

A agroecologia vem conquistando espaço e apoio do poder público. Nos últimos dois anos, os pequenos agricultores têm produzido e comercializado diretamente hortaliças sem o uso de agrotóxicos e nem a presença de atravessadores.

"A meta é conseguir a certificação do Ministério da Agricultura para que os nossos produtos sejam considerados orgânicos", comemora Vangivaldo Belo, presidente da Associação Agrícola Agrovargas, que visitou a diretora-presidente do Jornal O PROGRESSO, Adiles do Amaral Torres, acompanhado pelo secretário municipal de Agricultura Familiar e Economia Solidária, Landmak Ferreira e pelo diretor de aqüicultura, Rubens Moreira Júnior.

A associação que possui regimento próprio, com o estabelecimento de normas aos pequenos produtores, agrega 29 associados do Distrito de Vila Vargas, que antes estavam voltados ao cultivo de alho. "São pequenos produtores que vêm recebido incentivo da prefeitura de Dourados, dentro de um programa de agricultura familiar que tem apresentado bons resultados", explica o secretário. Segundo ele, as hortaliças agroecológicas podem ser adquiridas todas as terças-feiras, no Parque dos Ipês, das 17h às 22. Ele ressalta, ainda, a partir de hoje, a feira recebe uma cobertura. São 12 tendas grandes, com proteção lateral, capazes de abrigar até 50 feirantes. O investimento da Prefeitura é de R$ 193,2 mil que vão garantir mais qualidade no atendimento às pessoas.

Na feira as pessoas encontram produtos hortifrutigranjeiros oriundos da agricultura familiar, de folhas a legumes, frutas, pimentas, mandioca, doces, biscoitos, pães, ovo de galinha caipira, melado, mel e artesanato. "A proposta é garantir acesso fácil da população ao alimento saudável produzido no cinturão verde de Dourados e, ao mesmo tempo, a geração de empregos e mais renda para o pequeno produtor e artesão", destaca Landmark.

O programa de agricultura familiar desenvolvido pelo município conta com o apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação de Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul (Apoms), Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Unigran e ServiçoNacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Durante visita à direção, o secretário municipal de Agricultura Familiar e Economia Solidária, fez um balanço das ações que estão estão sendo implementadas pelo poder público em apoio aos pequenos produtores rurais. "Em pouco mais de dois anos, os assentados, as comunidades indígenas e quilombolas de Dourados têm recebido total apoio, como o fornecimento de mais de 2,5 toneladas de calcário e também de mais de mil doses de sêmen, para apoio da cadeira leiteira", afirma.

Serviço

A Feira Agroecológica atende todas as terças-feiras no Parque dos Ipês, das 17h às 22h.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink