Agroenergia é uma alternativa rentável para produtores de soja

Agronegócio

Agroenergia é uma alternativa rentável para produtores de soja

As perspectivas do mercado de soja é um dos destaques da primeira Conferência Internacional de Agroenergia
Por: -Redação
45 acessos

De acordo com o Instituto Internacional de Economia, a demanda mundial por energia deve crescer 1,7% ao ano até 2030. Paralelamente, pesquisadores apontam que até 2050 o petróleo – principal combustível fóssil – deverá acabar, o que já causa reflexos sobre seu preço.

Em menos de 20 anos, o preço do barril disparou de US$ 20 para cerca de US$ 60. Neste cenário, a busca por fontes energéticas renováveis se fortalece como uma solução lucrativa para os produtores de oleaginosas, matérias-primas dos biocombustíveis derivados de óleo vegetal. O futuro deste segmento promissor do agronegócio é um dos temas da primeira Conferência Internacional de Agroenergia (Conae), que reunirá renomados cientistas entre 11 e 13 de dezembro em Londrina (PR).

De acordo com o engenheiro agrônomo Amélio Dall"Agnol, pesquisador da Embrapa Soja que coordenará o painel "Oleaginosas – Parte I", sobre o mercado de soja, a demanda por óleo para composição de biodiesel poderá dobrar em 2008, quando entra em vigor a resolução que exige que 2% de biodiesel seja adicionado ao óleo diesel consumido no país.

Somente 10% da produção agrícola é voltada para o mercado de agroenergia. No entanto, a previsão é de que até o final do século esta proporção se eleve para 35%. De acordo com International Energy Outlook 2004 (EIA), a demanda mundial de óleo para fabricação de biodiesel deve crescer de 34,7 milhões de toneladas em 2010, para 133,8 milhões de toneladas em 2020.

Para o pesquisador, a agroenergia caracteriza-se como uma importante alternativa para a crise no agronegócio. "É mais uma oportunidade que o Brasil não deve e não pode perder. Haverá os que critiquem a ampliação da área cultivada para produção de biodiesel, mas a produção de oleaginosas pode dobrar sem que haja a necessidade de avançar sobre floresta", conclui.

A Conae

Durante os três dias de evento, serão realizadas 8 conferências e 19 painéis sobre Mercado de Carbono, Mercado de Etanol, Plano Nacional de Agroenergia, Oportunidades e Ameaças, Meio Ambiente, Oleaginosas, entre outros. Haverá também a primeira Exposição e Feira de Tecnologia para a Geração de Energia Renovável e Alternativas Energéticas. As informações são da assessoria de imprensa da Conferência Internacional de Agroenergia.

Serviço:

Conferência Internacional de Agroenergia

Data: 11 a 13 de Dezembro

Local: Centro de Convenções do Hotel Sumatra, Londrina (PR)

Inscrições: www.pjeventos.com.br/eventos/

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink