CI

Agroindústria brasileira segue crescendo

Este desempenho robusto é atribuído tanto ao segmento de Produtos Não-Alimentícios


Os desafios seguem Os desafios seguem - Foto: Divulgação

A produção agroindustrial brasileira registrou um expressivo crescimento de 12,1% em abril de 2024 em comparação com o mesmo mês do ano anterior, de acordo com a pesquisa do FGVAgro. Este é o maior aumento para o mês de abril desde 2013. O avanço significativo foi impulsionado, em parte, pelo maior número de dias úteis em abril de 2024 em relação a 2023. No acumulado do ano, a produção agroindustrial teve um aumento de 4,1% em comparação ao mesmo período do ano passado, marcando o melhor primeiro quadrimestre para o setor desde 2018. 

Este desempenho robusto é atribuído tanto ao segmento de Produtos Não-Alimentícios quanto ao segmento de Produtos Alimentícios e Bebidas. O segmento de Produtos Alimentícios e Bebidas liderou o crescimento com um aumento de 6,1%. Este setor tem mostrado desempenho positivo desde 2023, reforçando sua importância para a agroindústria brasileira. Por outro lado, o segmento de Produtos Não-Alimentícios, que enfrentou uma contração de -2,1% em 2023, começou 2024 de forma mais favorável, registrando um aumento de 1,3%. No entanto, dentro desse segmento, o setor de Insumos Agropecuários continua a apresentar resultados negativos.

Apesar do desempenho promissor nos primeiros meses de 2024, o setor agroindustrial enfrenta desafios à frente. No próximo mês, serão divulgados os dados sobre os primeiros impactos da tragédia climática no Rio Grande do Sul, um dos estados mais relevantes para a agroindústria brasileira. Esses dados serão cruciais para avaliar quanto do crescimento acumulado até agora poderá ser perdido devido à crise climática.
 

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.