Agronegócio puxa a movimentação de contêineres
CI
Imagem: Pixabay
MOVIMENTAÇÃO

Agronegócio puxa a movimentação de contêineres

Setor foi destaque na importação e exportação
Por:

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá fechou o ano de 2020 com a melhor movimentação da sua história, totalizando 983.383 TEUs, mesmo em um cenário de incertezas econômicas decorrentes da crise causada pela pandemia da COVID-19. O número representa um crescimento de 7,44% em relação ao ano de 2019, quando o terminal contabilizou 915.242 TEUs movimentados.

Durante todo o ano, o Terminal bateu recordes consecutivos de movimentação de diferentes cargas, entre eles, o de maior movimentação de contêineres em um único mês quando, em novembro, registrou 94.406 TEUs. “Apesar das mazelas que a pandemia trouxe ao país, o ano foi de superação e nos levou ao recorde histórico de movimentações. Tomamos uma série de medidas de combate ao COVID-19, como controles de acesso, reforço na higiene e afastamos os colaboradores do grupo de risco – sem comprometer seus rendimentos”, destaca Thomas Lima, diretor Comercial e Institucional da TCP.

O executivo credita o bom resultado de 2020 a um conjunto de fatores, principalmente, à preparação da empresa para o momento. “Do ponto de vista de infraestrutura, nos preparamos com investimentos superiores a meio bilhão nos últimos anos, ampliando nossa capacidade de 1,5 milhões TEUs para 2,5 milhões de TEUS por ano. A plataforma logística que a empresa construiu também é um dos grandes diferenciais: a TCP conta com a ferrovia com acesso direto ao pátio, armazéns internos e bases intermodais para atender as diferentes necessidades do mercado”, avalia.

MOVIMENTAÇÃO

O agronegócio teve papel decisivo na movimentação da TCP ao longo de 2020 tanto na importação quanto na exportação. Exemplo disso é o algodão que atingiu a marca de 3.359 TEUs exportados, valor que representa 116% de crescimento em comparação a 2019.

Ainda na exportação, as cargas refrigeradas (reefer) também foram protagonistas com o recorde histórico de movimentação, com 185.192 TEUs, mantendo a posição como maior exportadora de cargas refrigeradas do país.

Já a importação foi impulsionada pela carga de fertilizantes que terminou o ano totalizando 33.809 TEUs, valor 28,43% maior que o recorde anterior registrado em 2018, quando passaram pelo terminal 26.324 TEUs.

Outro destaque foi o segmento eletroeletrônico, que também cresceu, chegando a 3.930 TEUs, superando o recorde registrado em janeiro de 2020 (2.870 TEUs). Destaca-se ainda o setor de construção civil/infraestrutura, também com recorde no penúltimo mês do ano, com 1.162 TEUs – o último recorde registrado havia sido em março de 2018, com 1.102 TEUs.

Para 2021, o objetivo da empresa é ultrapassar a marca de 1 milhão de TEUs movimentados.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink